“Birra para terem visibilidade política” disse Carlos Zorrinho no seu comentário semanal á RC (c/som)

Publicado em Revista de Imprensa 24 janeiro, 2017

O eurodeputado Carlos Zorrinho no seu comentário desta terça-feira, dia 24 de janeiro, começou fala da ameaça do deputado Domingos Pereira em abandonar a bancada parlamentar do PS para se tornar independente, o eurodeputado diz sobre o seu colega do partido que “está a confundir planos”, visto que foi eleito como deputado e a recusa para a câmara de Barcelos foi uma decisão de um Órgão Político do partido.

Sobre a alteração da lei para garantir o valor mínimo no subsídio de desemprego o eurodeputado respondeu “sim e acho que é muito bom” indicando que o Governo tem vindo a ajustar as leis sociais de forma a serem justas, cumprindo os seus objetivos e obterem compreensão dos cidadãos. Finalizou afirmando que é preciso um Governo competitivo, ligeiro, funcional e protetor dos que não estão inseridos em uma determinada circunstância.

Acerca do novo debate agendado para amanhã sobre a TSU, Carlos Zorrinho disse á RC que “a situação crispou-se de tal maneira que é provável que ninguém recue” indicando também que alguns partidos não apoiam por questão de base ou ideologia e outros por “birra para terem visibilidade política”, referindo que o PSD já tinha proposto medidas semelhantes várias vezes.

Questionado sobre a possibilidade de negociação prévia envolvendo o PSD na TSU o eurodeputado terminou o seu comentário dizendo que ninguém pensava que fosse possível esta posição dos sociais-democratas.

Veja também...

Histórico de Notícias

« Junho 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30