Reguengos de Monsaraz

De 22 a 30 de abril Reguengos de Monsaraz recebe 21ª Feira do Livro

Publicado em Agenda Cultural 19 abril, 2017

A 21ª edição da Feira do Livro de Reguengos de Monsaraz vai decorrer entre os dias 22 e 30 de abril no Pavilhão Multiusos do Parque de Feiras e Exposições. A Feira do Livro é organizada pelo Município de Reguengos de Monsaraz e vai estar aberta ao público nos dias 22, 23, 25 e 29 de abril entre as 10h e as 23h, nos dias 24, 26, 27 e 28 abril das 14h às 23h e no dia 30 de abril entre as 10h e as 20h.

No dia 22 de abril, a primeira iniciativa deste evento cultural, às 16h, será a leitura de “Contos de Cá Cará Cá Cá”, por Ângela Ribeiro. Pelas 17h30 realiza-se a cerimónia de abertura da Feira do Livro e às 18h decorre a apresentação do CD “Amaro Máscaras”, de Álvaro Amaro.

Conhecido como presidente cantor, Álvaro Amaro, atual presidente da Câmara Municipal de Palmela, editou no final do ano passado um disco a solo que, segundo o autor, inclui “temas que resultam da implosão da sua identidade, numa desconstrução, donde emergem ocultas personalidades. Canções de uma lucidez alucinada no obscuro introspetivo miram-se ao espelho e desfilam em reflexos, máscara sobre máscara”.

No dia seguinte, às 10h, tem início o Game Day, em que os participantes podem jogar mais de 40 jogos na Playstation 4, Xbox One, Nintendo e na Kinect for Xbox 360. Os jogadores poderão divertir-se a jogar PES 2017, Ride 2, FIFA 17, NBA 2k17, Project Cars, Moto GP, COD lnfinite Warfare, Call of Duty, Super Mario Bros, Wii Play, Wii Sports Resort, entre muitos outros.

Pelas 15h30 haverá um workshop de pintura para pais e filhos com Felippa Lobato, às 17h30 será lançado o livro de poesia “Asas de Bruma”, de Manuel Sérgio, e a partir das 21h30 realiza-se um espetáculo musical com o grupo AR Quarteto, constituído por Daniela Melo (voz), André Rosário (guitarra), João Correia (contrabaixo) e Samuel Dias (bateria). No dia 24 de abril, às 14h, decorre o “Chá das 5”, com o grupo Seniores a Mexer, e pelas 18h haverá uma atuação dos alunos do Conservatório Regional do Alto Alentejo.

No dia 25 de abril, a partir das 16h, decorre o espetáculo de marionetas “História do 25 de Abril”, pelo grupo Maurioneta. Às 17h30 vai ser apresentado o livro “António Arnaut – Biografia”, de Luís Godinho e Ana Luísa Delgado. A biografia do “pai” do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que estará presente nesta apresentação em Reguengos de Monsaraz, desvenda os meandros desse processo, incluindo a chegada acidental de António Arnaut a ministro dos Assuntos Sociais (1978), as divergências políticas que levaram à rutura do Governo de coligação entre PS e CDS por causa do SNS e um pedido especial feito pelo governante a um «amigo fraterno» para que o despacho em que abre os serviços médicos a todos os cidadãos fosse publicado em Diário da República antes da queda do Executivo.

Pelas 21h30 será lançado o primeiro livro de José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz. “Sentir Reguengos”, da Estremoz Editora, reúne as crónicas publicadas durante uma década no jornal Palavra e pretende ser uma coletânea de muitos momentos de reflexão que ficaram religiosamente registados na memória do autor. Nesta publicação, integrada nas comemorações dos 50 anos do jornal, José Calixto revela os grandes desígnios coletivos do concelho de Reguengos de Monsaraz e da região Alentejo.

No dia 26 de abril, pelas 14h, realiza-se o “Chá das 5”, com o grupo Seniores a Mexer, seguindo-se às 18h a atuação dos alunos do Conservatório Regional do Alto Alentejo. A partir das 21h30 decorre a tertúlia literária “Caminhos da Escrita”.

O programa da Feira do Livro integra no dia 27 de abril, às 14h, mais um “Chá das 5” com o grupo Seniores a Mexer, pelas 18h atuam novamente os alunos do Conservatório Regional do Alto Alentejo, e à noite, a partir das 21h30, realiza-se o espetáculo com o grupo Há Lobos Sem Ser na Serra, que vai apresentar o disco “Cantares do Sul e da Utopia”. Os Há Lobos Sem Ser na Serra, compostos por António Bexiga (viola campaniça e percussão), Buba Espinho (voz), David Pereira (voz) e Cristina Viana (desenho digital ao vivo), juntam o cante polifónico do Alentejo à viola campaniça, ora tocada com as técnicas tradicionais, ora com explorações sonoras que potenciam o instrumento na descoberta de outras sonoridades e repertórios. Juntam-se ainda as percussões tradicionais, a guitarra, a melódica e o piano para ilustrar um repertório cuidadosamente escolhido entre modas tradicionais, de autor e outras mais recentes que celebram a liberdade e o sonho no sul de Portugal.

No dia 28 de abril, pelas 18h, Capicua vai falar sobre o livro “Mão Verde”, seguindo-se a partir das 21h30 o espetáculo “Mão Verde”, com Capicua e Pedro Geraldes. “Mão Verde” é um concerto temático em torno das plantas, da agricultura, da alimentação, dos cheiros das ervas aromáticas, da cor das flores e com uma clara motivação ecologista.

Começou por ser um espetáculo a dois que, entretanto, deu origem a um disco e um livro, que, sendo para crianças, não se quer infantil. O disco tem música de Pedro Geraldes e lengalengas originais escritas e cantaroladas por Capicua, e o livro, além das lengalengas escritas no papel, tem ilustrações de Maria Herreros e notas didáticas que ajudam a aprofundar o conteúdo das letras. Ter a “mão verde” nasce da tradução de uma expressão francesa, que significa ter jeito para as plantas e talento para a jardinagem. Assim sendo, o “Mão Verde” é a celebração desse cuidado e serve para inspirar pequenos jardineiros.

No sábado, dia 29 de abril, às 14h30 decorre o seminário “Amar a Vida… dormir melhor” e uma hora depois realiza-se um workshop de artes visuais com Sónia Assumpção. Pelas 21h30 será apresentado o CD da Banda da Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense.

O programa do último dia da Feira do Livro inclui às 15h30 a Hora do Conto e a leitura de “O Rei vai Nu” e às 18h o teatro de revista “Oh tempo volta para traz”, de Filipe Cardoso.

A Feira do Livro vai ter várias exposições permanentes, nomeadamente com trabalhos dos alunos do Agrupamento de Escolas de Reguengos de Monsaraz, das crianças das Atividades de Animação de Apoio à Família, das crianças do Programa “Páscoa Ativa”, origamis do CAO da Santa Casa da Misericórdia de Reguengos de Monsaraz e uma mostra da artista plástica Felippa Lobato.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31