Grande Entrevista com o atual Presidente da Câmara Municipal de Sousel e candidato à Câmara Municipal de Portalegre (c/som)

Publicado em Entrevistas 16 março, 2017

O Presidente da Câmara Municipal de Sousel, Armando Varela, esteve aos microfones da Rádio Campanário, para fazer um balanço 12 anos como autarca, neste que é o último ano do seu mandato.

Teve muito gosto e alegria em ser presidente do povo souselense, função que encara com uma honra e um privilégio, acrescentado “Gosto muito de viver, tenho vivido sempre com muita intensidade, mas diria que estes 12 aos foram de facto os mais entusiasmantes”,

Ao longo destes anos procurou criar condições de estímulo ao desenvolvimento e corrigir assimetrias entre Sousel e o resto do território.  Agradece a sorte de ter encontrado uma equipa de vereadores que sempre se procuraram colocar “não do lado dos problemas, mas do lado das soluções”.

Relativamente às obras que deixa, realça que teve especial satisfação na colocação de água canalizada e saneamento na povoação de Almadafe, com 70 habitantes. Acredita que a tomada desta medida há umas décadas teria evitado o abandono da terra.

O projeto do Centro Escolar deu também satisfação ao autarca e ainda hoje agradece o reconhecimento das crianças. Esta medida evita a deslocação dos alunos locais e ainda atrai estudantes de outros concelhos.

Lamenta a falta de capacidade de fixação de jovens, presa com a falta de oferta que vá ao encontro das suas qualificações.

Deixa projetos pendente, mas acredita que não ficarão na gaveta.

É agora candidato à presidência do Município de Portalegre, aceitando o desafio que lhe foi feito pela secção social democrata de Portalegre. Concelho este que conheceu ao desempenhar funções em organismos da capital de distrito, incluindo a presidência da CIMAA. Ao longo dos tempos foi-se deparando com situações que lamenta, nomeadamente na falha de aproveitamento de recursos.

Pretende agora dar bom uso à sua experiência, ao serviço da cidade de Portalegre, no sentido de a dinamizar e voltar a colocar no mapa como uma capital e não uma cidade com menor desenvolvimento.

“Sou um apaixonado pelo desenvolvimento regional, sou um apaixonado pelo Alto Alentejo e pelo distrito de Portalegre”.

Voltar a dar vida à cidade, valorizar a educação e o Parque Natural de São Mamede ao nível do turismo, facultar incentivos à fixação de agroindústria e criar condições para a regeneração urbana, são alguns dos objetivos a atingir com a sua candidatura.

Compromete-se agora a conhecer Portalegre e as suas gentes, para conseguir identificar os problemas que as atingem e encontrar soluções.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30