Radio Campanario

“Voltar a essa praça tão bonita, de Vila Viçosa, espero poder triunfar e que o aficionado desfrute comigo”, diz o rejoenador Leonardo Hernandez sobre o festival taurino da RC (c/som)

Publicado em Entrevistas 01 março, 2017

Leonardo Hernandez, um nome mundial na arte do Rejoneio, que em 2016 toureou em Portugal, mais propriamente em Vila Viçosa, no Festival da Rádio Campanário falou a esta estação emissora sobre a sua “paixão”.

Um homem que segue as pisadas de seu pai, na arte, diz ter “a sorte de ser filho de quem é. Desde pequeno que sigo esta profissão tão bonita e tão difícil. Para mim uma maravilha, uma paixão”.

Leonardo explicou como se chega a ser um rejoneador tão importante nesta “majestosa arte”, salientando que “ser um aficionado é a base desta profissão, para poder fazer coisas importantes é preciso muita força, muito trabalho, viver a arte com muita entrega e muita paixão, ser uma profissão que te encanta.”

Questionado sobre o sucesso e a importância da temporada passada, na sua carreira, o rejoneador frisou que “sim, foi uma temporada muito bonita, muito importante, muito positiva. Com triunfos muito bons num grande número de praças espanholas, como Pamplona, Madrid, Granada, Badajoz e outras mais. Foi uma enorme satisfação para mim, poder usufruir desse momento.” Quanto à questão “o que tem que acontecer para o maestro sair satisfeito com a sua atuação”, Leonardo respondeu, “quando por dentro se sente cheio de satisfação com seu trabalho”.

Sobre os seus cavalos e cumplicidade com o rejoneo, Hernandez diz que ao longo do seu percurso já teve muitos cavalos, mas que ““Quieto” foi quem me ensinou a tourear e a quem estou super agradecido. No momento tenho “Xarope”, “Sol”, “Despacio”, desfruto de 4, 5 cavalos muito bons e uma grande quadra que me acompanha.”

Leonardo Hernandez falou ainda da sua dedicação, salientando que “trabalho um ano inteiro, não há uma parte do ano que não esteja a trabalhar. No inverno preparo os cavalos novos e no verão toureamos. Um ano dedicado à profissão, muitas vezes nem tenho férias porque é uma vida que gosto muito. Sinto-me feliz fazendo o que faço”. Acresce ainda que “a dedicação é uma das bases, não só, mas é essencial”.

O Hernandez esteve presente no ano de 2016, no Festival da Rádio Campanário, regressa em 2017, questionado como se sentiu no Alentejo, a tourear, disse que “foi muito bonito e especial. Há muito tempo que não toureava em Portugal e era um Festival onde senti a necessidade de triunfar. É um país que admiro, me encanta a tauromaquia portuguesa. Para todos os que amamos esta profissão, Portugal é especial e maravilhoso.”

Leonardo Hernandez termina dizendo que o regresso ao Festival Taurino da Rádio, será “um dia, de novo, especial. Voltar a essa praça, tão bonita, de Vila Viçosa e espero poder triunfar e que o aficionado disfrute comigo”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31