22.6 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Setembro 28, 2023

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Porto de Sines na rota de cooperação belga para a neutralidade carbónica!

 

Pierre-Yves Dermagne, Vice-Primeiro-Ministro e Ministro da Economia e do Trabalho da Bélgica, visitou o complexo portuário, logístico e industrial de Sines, acompanhado por uma comitiva de empresários daquele país, de áreas como a transição energética e sustentabilidade ambiental.

A delegação belga foi recebida por António Costa e Silva, Ministro da Economia e do Mar e pelo Conselho de Administração da APS, acompanhados ainda por altos representantes da aicep Global Parques, IAPMEI e Câmara Municipal de Sines.

Com foco no desenvolvimento e investimento nas energias renováveis, no grande eixo de hidrogénio verde a ser desenvolvido em Sines e nas potencialidades de cooperação entre os dois países, este encontro veio reforçar a cooperação energética entre Portugal e Bélgica, tendo o Porto de Sines um papel pioneiro no desenvolvimento do conceito green port em Portugal e na receção e armazenagem de gás natural liquefeito.

Com o objetivo de testar várias fontes de “energia verde” e novas tecnologias, a Bélgica pretende posicionar-se na neutralidade carbónica, constituindo para Sines a oportunidade de captar novos investimentos que poderão encontrar aqui um suporte portuário para o comércio externo.

De recordar que a transição energética é um dos pilares do Plano Estratégico do Porto de Sines e a base da Agenda NEXUS, que visa a inovação e digitalização da cadeia logística e a descarbonização do corredor logístico de Sines, desenvolvendo aplicações e serviços inovadores que contribuam para a agilização do processo de transição verde e sustentabilidade da cadeia logística servida pelo porto.

Fonte: APS

Populares

 

Pierre-Yves Dermagne, Vice-Primeiro-Ministro e Ministro da Economia e do Trabalho da Bélgica, visitou o complexo portuário, logístico e industrial de Sines, acompanhado por uma comitiva de empresários daquele país, de áreas como a transição energética e sustentabilidade ambiental.

A delegação belga foi recebida por António Costa e Silva, Ministro da Economia e do Mar e pelo Conselho de Administração da APS, acompanhados ainda por altos representantes da aicep Global Parques, IAPMEI e Câmara Municipal de Sines.

Com foco no desenvolvimento e investimento nas energias renováveis, no grande eixo de hidrogénio verde a ser desenvolvido em Sines e nas potencialidades de cooperação entre os dois países, este encontro veio reforçar a cooperação energética entre Portugal e Bélgica, tendo o Porto de Sines um papel pioneiro no desenvolvimento do conceito green port em Portugal e na receção e armazenagem de gás natural liquefeito.

Com o objetivo de testar várias fontes de “energia verde” e novas tecnologias, a Bélgica pretende posicionar-se na neutralidade carbónica, constituindo para Sines a oportunidade de captar novos investimentos que poderão encontrar aqui um suporte portuário para o comércio externo.

De recordar que a transição energética é um dos pilares do Plano Estratégico do Porto de Sines e a base da Agenda NEXUS, que visa a inovação e digitalização da cadeia logística e a descarbonização do corredor logístico de Sines, desenvolvendo aplicações e serviços inovadores que contribuam para a agilização do processo de transição verde e sustentabilidade da cadeia logística servida pelo porto.

Fonte: APS