Alentejo

Comentário semanal da Deputada Sónia Ramos, aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa 18 Abr. 2022

Na revista de imprensa de hoje, dia 18 de abril, contámos, pela primeira vez,  com o comentário da Deputada do PSD, Sónia Ramos.

A Deputada do PSD, eleita nas últimas eleições legislativas pelo círculo de Évora, assume a partir de agora, o habitual comentário da Revista de Imprensa, às segundas-feiras, juntando-se assim ao painel de comentadores que já integra a rúbrica.

A Rádio Campanário agradece a disponibilidade da Deputada Sónia Ramos para integrar a equipa da Revista de Imprensa, contribuindo assim, à semelhança dos restantes, para o sucesso deste espaço de comentário. Foram abordados os temas: o orçamento apresentado pelo governo de António Costa, nomeadamente as alterações efetuadas nos escalões do IRS assim como os resultados de uma sondagem sobre se o novo governo é melhor que o anterior ou não e ainda, a corrida á liderança do PSD e os candidatos já conhecidos,

A nossa comentadora, relativamente ao primeiro tema, começou por referir “não só o PSD mas os especialistas nesta matéria o que tem dito é que o orçamento apresentado para este ano, no fundo é uma réplica daquele que foi chumbado pela maioria de esquerda, o que nos deixa preocupados naturalmente quanto ao cenário macro-económico em que esta segunda versão é efetuada.”

A propósito da revisão dos escalões do IRS, a Deputada Sónia Ramos adiantou “existe aqui essa vontade por parte do governo sendo que relativamente às taxas de retenção e à tabela não sabemos como é que tudo isto se vai traduzir no orçamento líquido das famílias, no entanto é uma boa notícia porque, tal como é sabido, quanto mais escalões, quanto mais proporcionalidade, em princípio mais justiça fiscal.”

A nossa comentadora salientou ainda que “também dizem os especialistas e o PSD que o cenário da inflação é considerado muito diminuto pelo nosso orçamento, prevendo-se até final do ano o seu aumento o que, deste ponto de vista, nos traz preocupação pois um eventual alívio no IRS será consumido pelo aumento da inflação.”

No que diz respeito à sondagem hoje apresentada sobre se os Portugueses consideram este novo governo melhor que o anterior, com a maior percentagem de portugueses a responderem que não sabem, a Deputada Sónia Ramos referiu “pela pouca coragem reformista deste governo, pela forma de governar do primeiro ministro que já é nossa conhecida e dos portugueses, julgo não é expectável grandes alterações na forma de governar” acrescentando no entanto “julgo que os portugueses perceberam é que houve aqui um momento no mundo que veio alterar substancialmente a nossa forma de vida e os portugueses ao dia de hoje já percepcionam que o atual primeiro ministro não é um homem com especiais capacidades para governar em tempos de crise.”

“Costa é um homem que gosta de mudar alguma coisa para ficar tudo na mesma” referiu a deputada do PSD.

No que diz respeito ao último tema, os candidatos já conhecidos à liderança do PSD, a Deputada Sónia Ramos referiu “iniciou-se uma nova fase na vida do PSD, há duas candidaturas o que eu acho que é sempre bom do ponto de vista do debate ideológico.” Ainda sobre este tema sublinha “os candidatos Luís Montenegro e Moreira da Silva, são na minha opinião duas pessoas com muita capacidade, intelectual e política,  por isso são duas boas candidaturas.”

Questionada se acredita no aparecimento de mais candidaturas, Sónia Ramos referenciou “ com idêntica expressão dentro do partido e ao nível nacional, não acredito que surjam mais candidaturas.” 

“Eu julgo que são dois bons candidatos e vai ser interessante perceber quais serão as escolhas do partido e independentemente de quem ganhar julgo que temos líder para os próximos tempos que não serão fáceis” adiantou ainda a Deputada do PSD.

Veja também...

Histórico de Notícias

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31