06 Out. 2022
Nuno Rocha
Ponto de Contacto
11:00-13:00

Alentejo

Comentário semanal da Deputada Sónia Ramos, aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa Escrito por  19 Set. 2022

 

Na revista de imprensa de hoje, dia 19 de setembro, contámos com o comentário da Deputada do PSD, Sónia Ramos.

Foram abordados os temas: A subida automática das pensões em 2023 acelerava défice em meia década e a austeridade que destrói metas de António Costa para os Salários.

A Deputada Social Democrata, em relação ao primeiro tema começou por referir “em sete anos o governo nem quis nem esteve disponível para falar da reforma da segurança Social” acrecentando “o PSD manifestou sempre disponibilidade para as reformas estruturantes do País mas o governo não as quis fazer.”

A deputada do PSD adiantou ainda “naturalmente que o governo não contava com o aumento exponencial da inflação sendo que esta lei, a leia da atualização das pensões foi da autoria do governo do PS, e já lá constava que a atualização das pensões seria feita em função da inflação .” 

Sónia Ramos referiu ainda “ a situação já não é nova” justificando “e como o governo reage aos problemas do dia a dia, é normal que agora com uma inflação que ninguém controla, que a questão do aumento das pensões poderia levar a algum desequilíbrio do orçamento da segurança social.”

Este desequilíbrio, em seu entender, acontece porque “o governo não quis falar, nem discutir, nem reformar devidamente a questão das pensões” acrescentou ainda a nossa comentadora.

No que diz respeito ao segundo tema, Sónia Ramos começou por referir “olho para esta questão com muita preocupação, como todos os portugueses.”

Acrescenta “é de referir que António Costa nestes anos de governação socialista, não tem feito reformas, não planeou o País e nunca teve uma visão estruturante da economia portuguesa.”

Para a Deputada do PS “foi isso que levou a esta situação: perante impatos externos e internacionais que ninguém consegue controlar, e não tendo sido feitas as reformas que se impunham, chegamos a uma situação de verdadeiro pânico para as famílias e para as empresas.”

"Não me estranha que os socialistas responsáveis estejam eles próprios preocupados com a desorientação do governo" concluiu a deputada do PSD.

 

 

 

 

 

 

Veja também...

Histórico de Notícias

« Outubro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31