06 Fev. 2023
Nuno Rocha
À mesa com a RC
13:00-14:00

Alentejo

Comentário semanal da Deputada Sónia Ramos, aos microfones da Rádio Campanário (c/som)!

Revista de Imprensa Escrito por  23 Jan. 2023

 

Na revista de imprensa de hoje, dia 23 de Janeiro, contámos com o comentário da Deputada do PSD, Sónia Ramos.

Os temas abordados hoje foram: negociações entre os sindicatos dos Professores e o Governo, sondagem que diz que apesar da crise política, 63% acha que o PSD não está preparado para governar , as declarações do Presidente da República acerca de um possível cenário de eleições antecipadas caso Mediana saia e, por último, a taxa do desemprego que baixou e que regista o melhor resultado dos últimos 30 anos.

No que diz respeito ao primeiro tema a Deputada do PSD começou por dizer “o governo esteve 7 anos em funções e não resolveram os problemas do ensino e portanto acho que chegámos a um ponto em que os Professores se sentem exaustos e com muitos problemas.” Para a nossa comentadora “as condições para um diálogo profícuo com os professores e os seus interlocutores parece não ter condições de ter um bom desfecho.”

No que diz respeito ao segundo tema, a Deputada Sónia Ramos referiu “o PSD como maior partido da oposição está sempre em condições de governar e está preparado para tal, simplesmente talvez essa sondagem decorra de um voto de abstenção relativamente à moção de censura apresentada pela Iniciativa Liberal no Parlamento.” Para a deputada Social Democrata “não nos podemos esquecer que temos um governo que fará um ano no dia 30 deste mês, que teve uma maioria absoluta e aquilo que se tem que exigir a um governo com estas condições políticas, é que governo, até porque não podemos ter eleições legislativas todos os anos.”

O PS é este partido, apesar de mandar nisto tudo não gosta de governar e faz oposição a isto tudo” acrescenta ainda a este propósito.

No que diz respeito ao terceiro tema, as declarações do Presidente da República acerca de um possível cenário de eleições antecipadas caso Mediana saia, Sónia Ramos considera que “a situação alterou-se substancialmente , pois um Ministro das Finanças é um Ministro de estado e portanto a sua idoneidade política e pessoal tem que estar acima de qualquer suspeição.”

A Deputada refere ainda que entende as declarações de Marcelo Rebelo de Sousa “porque é muito grave se o atual Ministro das Finanças se ver envolvido em suspeições levadas a um ponto em que é incomportável que se mantenha no governo.”

Quanto à possível manutenção da posição do PSD que afastou anteriormente o cenário de eleições antecipadas , Sónia Ramos refere “estou segura que o partido avaliará a situação tendo em conta casa circunstância nova que se for conhecendo.”

Por último e no que diz respeito à descida da taxa de desemprego, Sónia Ramos refere “temos que enaltecer a capacidade de criar riqueza e emprego dos nossos empresários, das nossas indústrias e de todos os agentes económicos” acrescentando “é essencialmente no setor privado que nós devemos apostar e reconhecer o mérito que, face a todas as circunstancias nacionais e internacionais, conseguiu ter um desempenho económico.”

O factor demográfico não é, no entanto, alheio à falta de mão de obra pelo que Portugal tem que apostar nas questões da Imigração” conclui.

 

Veja também...

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28