16 Jun. 2021
Nuno Rocha
Ponto de Contacto
11:00-13:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Comentário Semanal do eurodeputado Carlos Zorrinho aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa 18 maio 2021

Na Revista de Imprensa desta terça-feira, 18 de maio, contámos com o comentário do eurodeputado do PS, Carlos Zorrinho.

No comentário de hoje, o primeiro tema abordado foi o regresso do turismo britânico a Portugal, trazendo uma lufada de ar fresco para o turismo português. Sobre este assunto, o nosso comentador referiu “ é uma excelente notícia para o nosso país e para a nossa economia mas nada acontece por acaso” referindo “Portugal é hoje o país mais seguro e o que é importante agora é que este regresso de turistas ao nosso país seja feito com cuidado e cumprindo as regras impostas.”A este propósito acrescentou ainda que “grande parte dos turistas virão do Reino Unido onde existe uma grande taxa de vacinação”.

Carlos Zorrinho considera que todo este percurso feito por Portugal no combate à pandemia, e que hoje permite ao país voltar a receber turistas, como é o caso dos Britânicos, foi “um excelente trabalho do Governo e das Instituições, mas também e, sobretudo, dos portugueses que na sua grande maioria compreenderam a importância de conseguirmos recuperar.”

Na Revista de Imprensa de hoje foi ainda abordada a polémica, a reforma no topo da estrutura hierárquica militar, através da centralização de poderes no Chefe de Estado Maior General das Forças Armas, onde PS e PSD convergem. Sobre esta matéria, o nosso comentador, Carlos Zorrinho referiu “estas reformas são sempre muito difíceis, que exigem enorme atenção e minúcia” sublinhando ainda que “não há reformas destas que não tenham ganhadores e perdedores, consequências positivas e consequências negativas.”

Por último, o Eurodeputado Carlos Zorrinho, abordou ainda a questão da decisão de o jogo da taça e jogo da última jornada do Campeonato de Futebol, ir decorrer sem público nos estádios.

Questionado se, em sua opinião, seria esta uma decisão sensata depois de toda a polémica existente em relação às comemorações do título de campeão do Sporting, referiu “Acho que era bastante sensato ter um primeiro teste de participação de público, mas compreendo que, depois do que aconteceu, talvez seja melhor. Estando a época a acabar, deve ser tudo bem preparado para se começar a próxima época com o pé direito.”

 

 

Veja também...

Histórico de Notícias

« Junho 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30