Alentejo

Comentário semanal do Eurodeputado Nuno Melo aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa 05 maio 2022

 

Na Revista de Imprensa desta quinta-feira, dia 05 de maio, contámos com o comentário do Eurodeputado Nuno Melo, do CDS-PP. Foi abordado o tema: a visita de António Costa a KIEV, na Ucrânia, a saída da Secretária de estado da igualdade e das Migrações, se a mesma poderia estar relacionada com a polémica do acolhimento de refugiados em Setúbal e o facto de o estado alegadamente ter recuperado a totalidade dos 450 milhões ingvestidos no BPP.

No que diz respeito ao primeiro tema, o eurodeputado do CDS-PP referiu “acho que a decisão de António Costa, do ponto de vista político, é relevante e vem na sequência de vários chefes de governo e chefes de estado “. No entanto, o eurodeputado acrescenta “consideraria muito mais relevante neste momento, do ponto de vista político, uma reabertura da embaixada de Portugal na Ucrânia como outros países fizeram porque esse seria um sinal de que reconhecemos a Ucrânia como País num momento muito difícil, e que estamos próximos.”

Relativamente ao segundo tema o eurodeputado referiu que “se a demissão da Secretária de estado ocorreu devido a esta polémica a decisão foi mais que justificada”, no entanto, acrescenta “tendo em conta as explicações dadas pelo primeiro ministro de que as razões se prendiam com questões de saúde, então a avaliação terá que ser qualquer outra, dando como boa a palavra de António Costa.”

A propósito da polémica decorrente do acolhimento de refugiados no concelho de Setúbal, Nuno melo refere “o que sucedeu em Setúbal é inqualificável e merece uma atuação do ponto de vista do estado central e de todas as entidades competentes” salientando que “eu próprio já pedi a intervenção da comissão europeia nesta matéria porque não é aceitável que alguém sofra ataques, veja sociedades a serem destruídas, familiares a serem mortos, ser forçado a fugir para o extremo mais ocidental da europa e quando aqui chegado ser confrontado com um qualquer funcionário comunista que sendo pró-Putin pede documentos e tenta saber do paradeiro de familiares ”

“Isto é desumano e inqualificável e merece a maior censura “acrescentou o nosso comentador.

No que diz respeito ao último tema, Nuno Melo referiu “tudo o que seja a repressão pelo estado daquilo que são buracos na banca significa menor esforço para os contribuintes, que são chamados a capitalizá-lo e por isso, a ser verdade, é um aboa notícia”.

que a decisão de António Costa, do ponto de vista político

A propósito da decisão de António Costa visitar KIEV:

a decisão de António Costa, do ponto de vista político, é relevante mas seria mais relevante neste momento uma reabertura da embaixada de Portugal na Ucrânia porque esse seria um sinal de que reconhecemos a Ucrânia como País num momento muito difícil, e que estamos próximos.”

Veja também...

Histórico de Notícias

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31