Alentejo

Comentário semanal do Eurodeputado Nuno Melo aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa Escrito por  19 Jan. 2023

Na Revista de Imprensa desta quinta-feira, dia 19 de janeiro, contámos com o comentário do Eurodeputado Nuno Melo, do CDS-PP.

Na rubrica de hoje foram abordados os seguintes temas: Greve dos Professores e as negociações com o governo, a audição da CEO da TAP relativamente ao pagamento da indemnização à ex-secretária de Estado do tesouro Alexandre Reis que indicou ter articulado o processo com o Ex-secretário de Estado Hugo Mendes e taxa de juro do crédito à habitação com o maior aumento de sempre.

Relativamente ao primeiro tema, o Eurodeputado do CDS-PP começou por dizer “eu acho que as manifestações dos Professores são justíssimas nos propósitos , infelizmente há alunos,muitos, a serem sacrificados no seu ensino , na sua normalidade por causa disso.”

Para o nosso comentador “hoje em dia ser Professor não é docência, é quase uma penitência” acrescentando ainda “os Professores contratados têm salários baixos, são deslocados para muito longe das suas residências, há um conjunto de situações muito graves que têm que ser resolvidas e que justificam, com justiça, estes protestos.”

No que diz respeito às soluções já apresentadas pelo governo, Nuno Melo refere “interessa-me sobretudo saber o que acontecerá no final” sublinhando que “estamos perante um problema estrutural e esse problema implica alterações do ponto de vista daquilo que é o funcionamento do próprio sistema de ensino em Portugal.”

Tenho exata noção de que este problema não é fácil de resolver mas precisa de ter uma resposta e essa resposta compete a quem governa” sublinhou ainda.

Relativamente ao segundo tema, o Eurodeputado do CDS-PP começou por dizer “isto é tudo surreal, temos um governo que acompanha todo o processo e depois temos um governo a pedir informações sobre um processo que acompanhou.”

Para o Eurodeputado “esta administração da TAP não tem condições para continuar porque, não só, aparentemente, decide indemnizações sem ter o aval do governo, decide indemnizações para além dos montantes máximos previstos nos estatutos, falseando informações à CMVM., no que diz respeito ao fato de Alexandre Reis ter renunciado ou ter sido feito um acordo.”

No que diz respeito ao terceiro e último tema, Nuno Melo referiu “a subida da taxa de juro assim como da inflação são muito preocupantes no que diz respeito ao custo de vida das pessoas. “

Veja também...

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28