16 Out. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
00:00-04:00

"Casa Museu Interativa de Borba" vai contar a história do Vinho da Talha da Família Rézio afirmam as proprietárias (C/Som)

Entrevistas 03 Jun. 2021

A antiga casa agrícola da Família Rézio, no Centro de Borba, foi transformada e o rés-do-chão acolhe agora a "Casa Museu Interativa de Borba".
Um projeto museológico familiar, para dar a conhecer a antiga da Casa familiar e a história da Familia Rézio intimamente ligada à produção do Vinho de Talha em Borba.
A concretização de um objectivo das primas Teresa Rézio e Amélia Santos de preservação e valorização das raizes e da história dos avós, como contaram ao Programa Raízes do Alentejo, da Rádio Campanário.
 
 
Teresa Rézio e Amélia Santos, as responsáveis pelo projeto museológico - Casa Museu Interativa - que abre ao público no próximo dia 13 de junho, em Borba. Declarações ao Programa Raízes do Alentejo, da Rádio Campanário.
Num tempo que se amplia e aprofunda cada vez mais o interesse pelas nossa raízes, aqui pode-se experimentar e alargar o conhecimento através do contacto visual de objectos que eram usados para a produção do vinho, como usando dispositivos interativos que vão retratando a história de Vinho em Talha e da Família Rézio.
 
A ideia é Inovar com Tradição! Tradição da produção de vinho em talha, técnica ancestral que remonta à época romana e que o Alentejo nunca perdeu. Será uma Casa Museu que embora antiga, regressa ao futuro e se esconde neste espaço, que foi e é Adega.
 
 
Teresa Rézio e Amélia Santos no Programa Raízes do Alentejo, da Rádio Campanário.
Ao longo do percurso os mais jovens têm também acesso a jogos interativos que ao utilizarem de uma forma lúdica, alargam o seu conhecimento sobre esta tradição.
No final da visita temos um Páteo onde o visitante poderá desfrutar, de uma explanada e de uma cafetaria com sabores e cheiros típicos da região.
Um espaço que permite outros eventos, como contam as proprietárias.
 
Teresa Rézio e Amélia Santos no Programa Raízes do Alentejo, da Rádio Campanário.
Um pouco da História desta Casa agora Museu, contada pelas atuais proprietárias:
Em 1936, esta casa foi legada por testamento do inicial dono ao nosso avô, seu sobrinho e afilhado. No dia 25 de Dezembro de 1937 os nossos avós casaram, e fizeram desta casa a morada de família desde então.
Esta casa datada do século XIX, tem no seu piso térreo a adega de vinho com 46 talhas de barro originais, adega do vinagre, pátio, antiga cavalariça, poço e no piso superior a parte de habitação. Antigamente aqui se fazia vinho, vinagre e aguardente.
A adega laborou até à entrada em funcionamento da Adega Cooperativa de Borba em 1957.
Esta é uma casa com passado, mas à qual a Família Rézio quis dar um futuro, um futuro com história que só ganha a dimensão merecida quando e se partilhado com todos.
A inauguração está marcada para 13 de junho próximo.
O museu fica nas imediações da Igreja de Santo António, em Borba.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31