30 Nov. 2020
 
Rimas ao Sul
14:00-15:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 64

Estremoz

Congresso PS: José Sádio afirma-se como candidato à Câmara de Estremoz, para tornar a cidade “um polo mais atrativo e de relevo no Alentejo” (c/som)

Entrevistas 12 Set. 2020

Como a RC noticiou ontem [ler aqui], as Federações Distritais do Partido Socialista realizam este fim-de-semana os Congressos Federativos que irão eleger os respetivos órgãos Federativos.

Dos 19 Congressos das Federações do Partido Socialista (PS), onze vão realizar-se de forma presencial e oito de forma mista, ou seja, à distância e presencialmente, e que vão contar com a participação de vários membros do atual Governo.

No Alentejo todos os congressos se realizam de forma presencial e o Congresso da Federação Distrital de Évora está a acontecer na tarde deste sábado no Pavilhão do Parque de Feiras e Exposições de Estremoz. Luís Dias, atual presidente do Município de Vendas Novas vai tomar posse como o novo Presidente da Distrital do PS de Évora, sucedendo a Norberto Patinho. Na sessão de encerramento do Congresso, marcará presença o Secretário de Estado da Saúde, António Sales.

A Rádio Campanário esteve presente no início dos trabalhos e falou com José Sádio, presidente da concelhia do PS em Estremoz.

O socialista, em declarações à RC, referiu a sua recandidatura à Câmara Municipal de Estremoz e as expectativas para esta tarde de congresso.

Acerca da sua recandidatura, afirma que “se tudo se concretizar, serei [candidato] pela segunda vez”.

“Concorri enquanto candidato há três anos e neste momento sou o «candidato a candidato». Obviamente que depois há vários processos que têm de ser feitos, quer a nível de concelhia, quer a nível da federação, mas sim sou «candidato a candidato» e é nesse caminho que aponto o meu projeto”, revela.

Questionado sobre o que poderá ter mudado em três anos, para que mereça o voto de confiança dos estremocenses, refere que “estamos sempre a aprender e a evoluir e estes três anos deram-nos mais tempo e mais conhecimento da realidade. , estamos a receber muitos contributos e muitos apoios e muitas ideias, sentimos que há uma vontade de mudança, de querer outros projetos para Estremoz e seguramente que se o candidato se concretizar como é minha vontade, será um candidato com mais conhecimento de causa, mais responsabilidade, a vontade é a mesma, mas com mais preparação, quer eu, quer a equipa que me irá assessorar”.

Relativamente às expectativas para este Congresso que se iniciou às 14 horas e terminará cerca das 19 horas, afirma ser “um Congresso especial e único”, tendo em conta o contexto pandémico que se vive.

No entanto, aponta que “a primeira questão na preparação do Congresso foi ter todos os cuidados e precauções de acordo com as indicações da Direção-Geral de Saúde e o trabalho da Concelhia e da Federação foi nesse sentido, de salvaguardar que todas as questões de segurança são cumpridas e é esse o desejo e vontade antes do congresso”.

Para o socialista este será um momento de “afirmação de Luís Dias enquanto novo presidente”.

Revela que o PS de Évora “tem pela frente um grande desafio que se incide com as eleições para as autarquias no próximo ano. É um momento de mobilização, de articulação, de congregação de esforços, porque aquilo que queremos, que é que cada vez mais no Alentejo tenhamos nos nossos quadros autarcas do PS, porque é visível que há trabalho feito nas autarquias com autarcas do PS”.

José Daniel Sadio reforça a importância de “alargar ao máximo possível a nossa rede de autarcas para que o Alentejo ganhe com isso, [para que] as pessoas vivam melhor e tenhamos o nosso Alentejo mais desenvolvido, é esse o desafio”.

Ainda sobre a candidatura à Câmara de Estremoz conta que, apesar de todas as planificações que tinham a “médio-longo prazo” terem sido alteradas, estão “há muitos meses a reunir com empresas, com associações, a ouvir a opinião das pessoas para que nos ajudem com tempo a programar a nossa aposta para que consigamos vencer a Câmara de Estremoz. Não vencer por vencer, mas vencer porque acreditamos que é possível fazer diferente, fazer mais e colocar Estremoz como um polo mais atrativo e de relevo no nosso Alentejo”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30