Evora

"Daqui a 4 anos podemos ter uma palavra a dizer enquanto executivo, “agora não” diz Florbela Fernandes(c/som)

Entrevistas 27 Set. 2021

O movimento Cuidar de Évora, liderado por Florbela Fernandes, candidato á Câmara Municipal de Évora, obteve  12,71%, o correspondente a 2972 votos.

A Rádio Campanário falou com Florbela Fernandes obtendo a sua reação aos resultados eleitorais, aferindo a disponibilidade deste Movimento para fazer parte da solução de governação para a autarquia eborense, através de uma coligação entre a CDU e o Movimento. 

Florbela Fernandes indicou  à RC “nós seremos parte da solução enquanto elementos da oposição, ou seja, seremos uma oposição construtiva" reforçando "ficaremos no órgão para o qual os eborenses nos elegeram, mas não seremos executivos municipal" manifestando ainda a convição de que "quem sabe daqui a 4 anos podemos ter outra palavra a dizer, mas neste momento não".   A líder do Movimento refere ainda "nós concorremos como alternativa a quem governa a cidade e a quem já a governou e é essa a nossa posição; continuaremos a ser uma alternativa", descartando assim, categoricamente, uma possível coligação entre a CDU e o Movimento para a câmara de Évora.

Florbela Fernandes acrescenta  "compreendemos a situação complicada em que a câmara ficou com esta votação do ponto de vista do trabalho, mas há com certeza soluções que não passam pelo nosso movimento e que podem ser consideradas" reiterando "da nossa parte estaremos na Câmara Municipal, na Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia a defender o nosso trabalho e o nosso programa e com certeza a apresentar soluções para a melhoria de vida das pessoas."

Sobre os resultados eleitorais alcançados pelo Movimento Cuidar de Évora disse " estamos muito felizes no movimento porque os eborenses acolheram-nos sempre bem e demonstraram confiança em nós" subinhando que " apesar do movimento ter apenas 7 meses de existência a votação de ontem é um reconhecimento do nosso trabalho, do nosso esforço."

Segundo nos referiu "elegemos em todos os órgãos onde nos candidatámos" assegurando que irá assumir o mandato de vereadora para a qual foi eleita, com toda a dedicação , muito trabalho e empenho, trabalhando para que no futuro mais possam confiar em nós."

Rdecorde-se que a Câmara Municipal de Évora foi ganha pela CDU, com maioria relativa,  com 27,44% dos votos, seguida do PS com 26,27%, da coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM com 19,07%. O Chega obteve 6,81% dos votos e o BE 3,80%, sendo a distribuição de mandatos a seguinte: CDU-2, PS-2, Coligação PSD/CDS-PP-2, Movimento Cuidar de Évora-1.

 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31