05 Dez. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

"São necessários mais profissionais e equipas para os cuidados paliativos", avisa Silva Vilar da Associação Borba Compassiva (C/ Som e Fotos)

Entrevistas 16 Out. 2021

Dia Mundial dos Cuidados Paliativos assinala-se amanhã na Aldeia Social de Borba

Associação Borba Contigo - Cidade Compassiva (ABCCC), com a Associação Cuidándonos, o projeto "Badajoz Contigo, Ciudad Compasiva" e "Zafra Contigo, Ciudad Compasiva", juntaram-se hoje para a comemoração do Dia Mundial dos Cuidados Paliativos.

A conferência realizou-se esta tarde no Pavilhão Multiusos "Caetano Gazimba" da Aldeia Social da Misericórdia de Borba, com uma plateia completa, falou-se da importância dos Cuidados Paliativos e da facto que todos têm direito a esta cuidados.

Para a Presidente da "Associação Borba Contigo", a médica Silvia Vilar, os cuidados paliativos requerem que as entidades competentes aloquem mais profisionais e mais equipas para a sua prestação.

A pandemia Covid 19 foi prejudicial para os "cuidados paliativos" pois os profissionais e equipas afetas a estes cuidados foram deslocados para o combate à Covid 19 e perderam-se rotinas e trabalhos já iniciados.

Todos devem ser acesso aos cuidados paliativos porque eles são um direito.

A Presidente da "Associação Borba Contigo", a médica Silvia Vilar.

Está já definida a atividade para o Dia de Todos os Santos - 1 de novembro - a Associação vai colocar placards junto aos cemitérios para que as pessoas reflitam sobre os seus desejos e vontades e sobre a necessidade de viver o dia-a-dia.

Hoje a "Borba Contigo" realizou uma conferência para comemorar o Dia Mundial dos Cuidados Paliativos. Foram intervenientes na sessão:

- Catarina Pazes, presidente da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos "APCP" e enfermeira da equipa de cuidados paliativos Beja+;

- Liliana Sousa, médica e coordenadora da Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos ECSCP Ametista;

- Cristina Serpa, enfermeira

- Sandra Ferro, psicóloga

- Rafael Mota, médico da equipa de cuidados paliativos da área de saúde de Badajoz do serviço extremenho de saúde "SES"

- Francisco Carranza, farmacêutico, responsável do projeto "Zafra Contigo Ciudad Compasiva", e o da nossa Associação " ABCCC", para acercar à população o trabalho realizado em Borba.

A sessão contou ainda com a animação musical da Tuna da Universidade Senior da Santa Casa da Misericórdia de Borba, a primeira atuação com público, pós pandemia, Santa Casa da Misericórdia que foi a anfitriã da Conferência.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31