27 Jun. 2022
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Radio Campanario

Alentejo

Vila Boim

Vila Boim: “Estas avaliações externas vão além da nota, permitem conhecer as reais dificuldades dos alunos” diz Ministro da Educação(C/Som e Fotos)

Entrevistas 30 maio 2022

O Ministro da Educação, João costa, esteve hoje pelo Alentejo e depois ter estado em Campo maior, viajou até à EB Vila Boim, do Agrupamento de Escolas n.º 3 de Elvas, onde foi entregue o galardão Projeto de Acompanhamento dos Relatórios de Avaliação Externa - PAR. 

A sessão conta ainda com a intervenção do presidente do IAVE, Luís Santos.

Com o Projeto de Acompanhamento de escolas na análise e utilização dos Relatórios de avaliação externa, projeto PAR, o IAVE pretende analisar e refletir com as escolas o modo como os relatórios de avaliação externa podem ser utilizados e como podem constituir uma mais-valia nas aprendizagens dos alunos. Este projeto teve como principal foco a análise e a reflexão sobre os relatórios dos resultados das provas de aferição, ou seja, os Relatórios Individuais
das Provas de Aferição – RIPA, e os Relatórios de Escola das Provas e Aferição – REPA.

O Responsável pela pasta da educação, questionado sobre a importância deste projeto para o governo, em declarações aos jornalistas começou por referir  que as provas, apesar de não contarem para nota, são importantes “para a melhoria das aprendizagens ou seja todos os elementos das avaliações externas, sejam provas de aferição ou provas nacionais.”

João Costa adianta igualmente “a política educativa do governo não tem como propósito excluir mas sim darmos informação de qualidade sobre como é que os alunos estão para podermos tirar decisões, seja ao nível central seja ao nível de escola.”

O Ministro da educação realça ainda as várias medidas que têm estado a ser tomadas no âmbito das bibliotecas, do novo plano da disciplina de matemática, entre outras, que já são resultado de uma avaliação feira do resultado destes instrumentos de avaliação.”

Para o Ministro “vivemos tempos em que todos fomos testados semanalmente para uma doença e percebemos que aquele teste não serve para nos dar uma nota, mas sim para tomarmos decisões para a nossa vida e estas provas também servem para isso.”

O Governante sublinhou ainda que estas provas têm uma vantagem muito clara “dali não sai uma nota, sai um relatório descritivo, qualitativo, desagregado e detalhado sobre as dificuldades globais dos alunos.”

A passagem das Provas de aferição para o plano digital é uma das medidas inscritas no Plano de Recuperação e resiliência já está em projeto piloto, estando prevista a sua implementação em todas as escolas até 2025.

O Ministro da educação conclui que “ A educação é o mundo da colaboração: pais têm que colaborar com os professores, os alunos têm que colaborar com os professores e com os pais , o Ministro tem que colaborar com as escolas, juntos vamos mais longe.”

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30