27 Set. 2022
 
Rimas ao Sul
14:00-15:00

Evora

Agendas Mobilizadoras: Consórcio Sines Nexus com participação da Universidade de Évora assinado em Lisboa!

Agendas Mobilizadoras: Consórcio Sines Nexus com participação da Universidade de Évora assinado em Lisboa! Universidade de Évora
Regional Escrito por  23 Set. 2022

Foram assinados no passado dia 17 de setembro, em Lisboa, 18 novos contratos das Agendas Mobilizadoras e Agendas Verdes para a Inovação Empresarial cofinanciados pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). A Universidade de Évora é parceira em um dos projetos agora oficializados na área das Tecnologias da Informação e Comunicação, aguardando a assinatura de mais 8 projetos com financiamento através do PRR.

De acordo com a nota divulfgada pela Universidade de Évora, o Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (MED) e a Cátedra Energias Renováveis, da Universidade de Évora, integram o consórcio Sines Nexus, que visa a promoção de uma agenda em torno das redes logísticas e de transportes, focada em inovar, desenvolver, demonstrar e iniciar a valorização e exploração de produtos e serviços, com forte potencial de exportação, e que abordem os principais desafios e lacunas identificados na logística em Portugal.

Este consórcio, que envolve 24 empresas, lideradas pela APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve, terá um incentivo de 59 milhões de euros.

“Este programa é um verdadeiro trampolim para a transformação da economia portuguesa”, referiu o primeiro-ministro, António Costa,  na cerimónia de assinatura dos contratos, acrescentando que se teve “que mais do que triplicar a dotação para dar resposta à enorme mobilização que o tecido empresarial e o sistema científico tiveram para nos apresentarem um conjunto de projetos que significam um investimento de mais de 7 mil milhões de euros na economia portuguesa, entre 2022 e 2026″.

Para Hermínia Vasconcelos Vilar, Reitora da Universidade de Évora, este consórcio, a par dos que a Universidade já integra, permite estimular a transferência de conhecimento e proporcionar um trabalho conjunto entre o tecido empresarial e mundo Académico.

Este incentivo financeiro, que se destina a apoiar os Estados-Membros na superação dos efeitos socioeconómicos da pandemia, surge no âmbito do PRR português, um programa de aplicação nacional, com um período de execução até 2026, que pretende implementar um conjunto de reformas e de investimentos que permitirá ao país retomar o crescimento económico sustentado em torno de três dimensões estruturantes, a Resiliência, a Transição Climática e a Transição Digital.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30