Aljustrel

Aljustrel: Condutor assume acidente que causou a morte a três pessoas, duas carbonizadas!

Regional 19 Out. 2021

O homem de 32 anos,  natural de Aljustrel, assumiu perante o Colectivo de Juízes do tribunal de Beja, a autoria dos quatro crimes de que está a ser julgado. Três de homicídio negligente e um de condução perigosa de veículo rodoviário, na sequência de uma violenta colisão frontal ocorrido perto daquela vila.

Recorde-se que no dia 5 de outubro de 2020, na Estrada Nacional (EN) 383, em Aljustrel, o arguido conduzia um veículo ligeiro de passageiros, de marca BMW, onde viajavam quatro pessoas, que embateu num ligeiro de mercadorias fechado, que se incendiou e onde morreram os dois ocupantes carbonizados. Dois dias depois, um indivíduo de 29 anos que seguia no BMW e que tinha sido transportado de helicóptero para o Hospital de São José, em Lisboa, viria também a falecer.

O indivíduo acusou a presença no sangue de cocaína, cannabinóides e metilenodioximetanfetamina (MDMA).

Segundo notícia avançada pelo Lidador Notícias, perante os juízes, o arguido assumiu que “por descuido” o veículo que conduzia “invadiu a faixa contrária e embateu no outro veículo”, justificando que o consume de estupefacientes “foram consumidos na noite anterior”, concluiu.

Além dos quatro crimes de que está acusado, o arguido arrisca ainda uma contra-ordenação, por não possuir seguro de responsabilidade civil, uma vez que o MP extraiu uma certidão que remeteu à Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.

Fonte: Lidador Notícias 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30