27 Jun. 2022
Nuno Rocha
Madrugar
07:30-09:00

Alentejo

Aljustrel, Portel e Viana do Alentejo são finalistas ao prémio Municípios do Ano

Regional 30 Nov. 2021

Numa coorganização da Universidade do Minho, através da plataforma UM-Cidades, e da Câmara Municipal do Funchal (CMF) decorrerá, a 2 de dezembro, a cerimónia de entrega dos Prémios Municípios do Ano, no Teatro Municipal Baltazar Dias, no Funchal, aos quais três municípios alentejanos estão a concorrer.

A sétima edição desta iniciativa conta com 27 municípios nomeados em várias categorias e, também, para o prémio mais importante, o de Município do Ano. No Alentejo, o município de Aljustrel, Portel e Viana do Alentejo.

A sétima edição contou com 44 candidaturas de todo o país, incluindo regiões autónomas, sendo que estão nomeados projetos de 27 municípios para nove categorias regionais, para a intermunicipal e, ainda, para o grande prémio.

Na cerimónia, com início marcado para as 16 horas, intervirão o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Pedro Calado, o reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro e o coordenador da UM-Cidades, Paulo Pereira, sendo ainda de destacar a realização de uma mesa-redonda subordinada ao tema 'O papel dos municípios no contexto da pandemia'.

Esta mesa-redonda, que antecede a entrega de prémios, será moderada pelo jornalista Gil Rosa, e contará com os contributos da vice-presidente da CMF, Cristina Pedra, do presidente da ACIF, Jorge Veiga França, do diretor clínico do Hospital Dr. Nélio Mendonça, Júlio Nóbrega, e do professor Paulo Novais, da Universidade do Minho.

Para esta edição, os finalistas nomeados são: Amares, Cabeceiras de Basto e Monção (Norte com menos de 20 mil habitantes); Amarante e Guimarães (Norte com mais de 20 mil habitantes); Maia, Porto, Santa Maria da Feira e Valongo (Área Metropolitana do Porto); Arganil, Pampilhosa da Serra e Vouzela (Centro com menos de 20 mil habitantes); Águeda, Figueira da Foz, Mealhada e Vagos (Centro com mais de 20 mil habitantes); Arruda dos Vinhos, Palmela e Vila Franca de Xira (Área Metropolitana de Lisboa); Aljustrel, Portel e Viana do Alentejo (Alentejo); Faro e Silves (Algarve); Santa Cruz (Regiões Autónomas); Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa Varzim, São João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia; Barcelos, Braga, Famalicão, Guimarães (Intermunicipal).

Refira-se ainda que esta iniciativa da Universidade do Minho começou em 2014, tendo nesse ano o prémio sido ganho por Lisboa com o projeto 'Há vida na Mouraira', seguindo-se, em  2015,  Vila do Bispo, com o 'Festival de Observação de Aves & Atividades de Natureza', em 2016, o Fundão com o “Academias de Código”), em 2017, Guimarães com o projeto 'Pay-as-You-Throw' no Centro Histórico,  em 2018, Arouca, com o 'Arouca - Geoparque Mundial da UNESCO') e, em 2019, o  Funchal com o 'Funchal, Destino Acessível').

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30