04 Mar. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Vila Vicosa

Autarquia de Vila Viçosa exige soluções "com a máxima urgência" à Infraestruturas de Portugal acerca do fecho da estrada entre Vila Viçosa e Bencatel

Regional 22 Jan. 2021

A Câmara Municipal de Vila Viçosa tomou conhecimento, dia 20 de janeiro de 2021, pelas 16h31, através de correio eletrónico, da decisão tomada pela Infraestruturas de Portugal, IP, relativa à interrupção ao trânsito ao Km 3+000 da EN254, entre Vila Viçosa e Bencatel e da interdição de tráfego pesado ao Km 10+800 da EN255, entre Vila Viçosa e Pardais.

A Câmara Municipal de Vila Viçosa informa que, "sempre afirmou ser fundamental manter os elevados níveis de segurança rodoviária nos locais referidos, mas que interromper ao trânsito a EN254 e interditar o tráfego pesado na EN255, sem alternativas adequadas, se reveste de graves prejuízos sociais para as populações e económicos para as empresas do concelho e da região."

A Infraestruturas de Portugal (IP), aponta como alternativas a EN373, entre Redondo e Alandroal, para viaturas ligeiras, e a EN381, através da Serra d’Ossa, entre a EN4 e Redondo, para viaturas pesadas.

O Executivo Municipal, na sua reunião de dia 20 de janeiro, analisou a informação prestada sobre a decisão da Infraestruturas de Portugal, lamentando que a interdição surja como um fato consumado, sem a apresentação de alternativas que não obriguem a multiplicar a distância a percorrer entre Vila Viçosa e Bencatel e Vila Viçosa e Alandroal (trânsito pesado).

Segundo um comunicado da autarquia, ,sendo a EN254 uma estrada nacional, "cabe à Infraestruturas de Portugal, encontrar as soluções e alternativas para que a circulação rodoviária entre Vila Viçosa e Bencatel seja efetuada com elevados índices de segurança e na distância mais curta, mantendo os níveis de proximidade atual," frisa.

A Câmara Municipal já manifestou, junto do empresário da pedreira (Monte d’el Rei) e da Infraestruturas de Portugal, IP, a disponibilidade para colaborar na resolução da grave situação atual, originada pela interdição da circulação na EN254.

Relativamente à EN255 (interdição ao trânsito pesado entre Vila Viçosa e Alandroal), o Executivo Municipal exige que a Infraestruturas de Portugal, IP tome medidas junto do proprietário da pedreira que motiva a interdição da via, no sentido de serem criadas as necessárias condições de circulação e segurança no local.

Com a interrupção de trânsito na EN254 e a limitação na EN255 a ocorrerem no dia 22 de janeiro, a Câmara Municipal de Vila Viçosa exige que, "as soluções sejam encontradas com a máxima urgência, a fim de causar os menores prejuízos ao Concelho e à Região resultantes da decisão da Infraestruturas de Portugal, IP."

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Março 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31