Beja

Beja foi um dos destinos mais procurados por utilizadores do Airbnb em maio

Regional 25 maio 2020

No início do desconfinamento as pesquisas na plataforma Airbnb duplicara para estadias superiores a uma semana no início do desconfinamento.

Segundo um comunicado enviado à RC, “atualmente, 64% das pesquisas com destino a Portugal provêm dos próprios portugueses face a 16% de inícios de fevereiro”.

O turismo doméstico na Airbnb ganha posições em Portugal, com uma subida de quase 30% em 2019.

Nas pesquisas de 16 de maio de 2020 as zonas mais procuradas são Beja, Braga, Coimbra, Santarém e Setúbal.

Já para as datas “entre 15 de julho e 15 de setembro destacam os seguintes destinos: Algarve; Setúbal e Braga”.

“Em pleno processo de desconfinamento e com o verão à vista, os portugueses voltam a pensar em viajar e já começaram a procurar destinos que se adequem à realidade atual. Ainda que ninguém possa saber o alcance do impacto da Covid-19, as pessoas continuam a desejar descobrir novos lugares e a plataforma Airbnb adapta-se ao contexto mais imediato, no qual as viagens serão domésticas (dentro do mesmo país) ou de proximidade (na mesma região), mais prolongadas (com a possibilidade de fazer teletrabalho a partir do alojamento) e de caráter familiar. Para a escolha serão fundamentais os atributos de localização (proximidade e acessibilidade), a flexibilidade na reserva (política de cancelamento), a privacidade e as características do espaço (piscina, jardim, apto para animais de estimação) e os padrões de higiene e limpeza”, refere o comunicado.

“Perante a evolução favorável da pandemia, os portugueses já procuram inspiração para viajar, e inclinam-se de forma clara para as viagens domésticas e de duração superior a uma semana. A 10 de maio, o número de vezes que os utilizadores guardaram anúncios de alojamentos na Airbnb em listas de desejos (whislists) aumentou 430% face a meados de março precisamente antes do confinamento”.

Atualmente, os destinos domésticos são os mais procurados, “64% das pesquisas com destino a Portugal a meio de maio, a partir de qualquer parte do mundo, provinha dos próprios portugueses, quando há três meses estes apenas representavam 16%. As visitas a destinos de Portugal realizadas a partir de Portugal alcançaram um máximo dos últimos três meses a 10 de maio, após crescerem 250% face ao mesmo dia do ano anterior”.

Também nesta nova fase os portugueses procuram por estadias mais longas, “entre uma a quatro semanas”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31