13 Abr. 2021
Nuno Rocha
Á mesa com a RC
13:00-14:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Beja

Beja: Utente fica mais de 1 hora à porta do Lar, numa ambulância, por não ter teste covid com resultado negativo

Regional 03 Fev. 2021

Uma utente do lar do Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Luz, em Albernoa, concelho de Beja, esperou mais de uma hora dentro de uma ambulância dos bombeiros para reentrar na instituição depois de a direção da Instituição pretender que a mesma apresentasse um teste para a covid 19 com resultado negativo.

Tudo aconteceu no passado dia 27 de janeiro, depois de a idosa ter sido conduzida ao Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, por causa de um episódio clínico, tendo tido alta médica cerca das 19 horas desse dia.

De acordo com a notícia avançada pelo Jornal de Notícias, a ambulância dos Bombeiros Voluntários de Beja só voltou ao quartel às 21.25 horas, quase duas horas e meia depois de ter saído. O transporte da unidade hospitalar para a Estrutura Residencial Para Idosos desta utente foi feita pelos Bombeiros Voluntários de Beja que à chegada se depararam com a exigência da direção presidida pelo Diácono Domingos Bragadesto (Fraternidade dos Irmãozinhos de São Francisco de Assis).

O impasse manteve-se durante longos minutos, o que levou a que os operacionais dos Bombeiros, por indicação do comando, tivessem chamado a GNR para tomar conta da ocorrência, uma vez que a doente não era recebida no lar, nem a podiam trazer de regresso ao hospital , informação entretanto confirmada ao JN pelo porta-voz do Comando Territorial de Beja da GNR confirmou a presença de uma patrulha "que nada podia fazer, em virtude de ser uma situação resultante de procedimentos médicos".

O Diácono Irmão Domingos Bragadesto,  "confirmou" ao JN a ocorrência, rejeitando que se tenha tratado de um caso de "fica ou não fica. A utente não podia voltar para trás e não iria ficar na rua", justificando que tudo resultou "da falta do resultado do teste covid-19 feito no hospital".

O lar do Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Luz tem um surto de covid-19 com um total de 57 infetados, 38 utentes e 19 funcionários, tendo o Irmão Domingos Bragadesto revelado que o surto foi detetado "no dia seguinte ao episódio, quando duas utentes foram levadas para o hospital onde viriam a ser testadas e dadas como positivas à covid-19".

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30