Radio Campanario

Alentejo

Beja

Beja: VINIPAX está de regresso de 30 de setembro

Regional Escrito por  Nota de Imprensa 31 Ago. 2022

A VINIPAX volta a Beja, de 30 de setembro a 2 de outubro, com a presença já confirmada de três dezenas de produtores. A VINIPAX é uma feira que mostra a cultura dos Vinhos do Sul, nomeada- dezenas de produtores. A VINIPAX é uma feira que mostra a cultura dos Vinhos do Sul, nomeadamente das regiões do Alentejo, Algarve, Península de Setúbal e Tejo. Nestas regiões a influência mente das regiões do Alentejo, Algarve, Península de Setúbal e Tejo. Nestas regiões a influência mediterrânea é mais notória, com semelhanças ao nível das castas e dos métodos culturais, mediterrânea é mais notória, com semelhanças ao nível das castas e dos métodos culturais, aliados à moderna tecnologia, concorrem para a produção de vinhos gulosos, maduros, expressivos aliados à moderna tecnologia, concorrem para a produção de vinhos gulosos, maduros, expressivos e com amplo espectro de degustação, que marcam a e com amplo espectro de degustação, que marcam a identidade dos Vinhos do Sul.


A Feira, reconsolida o seu espaço no calendário de mostras vínicas nacionais de referência, desta vez no seio do conjunto de eventos integrados, designado por PATRIMONIOS DO SUL. Trata-se de uma homenagem ao melhor da vida e da experiência alentejana que será partilhada por milha- res de visitantes, amadores e profissionais. Premeia, também, a quebra de barreiras entre regiões vinhateiras vizinhas com as quais estamos a construir o maior evento expositivo de vinhos do Sul de Portugal.

Nesta 13ª edição do maior evento de Vinhos do Sul de Portugal, um espaço de afirmação dos mais emblemáticos vinhos da região alentejana, de outras regiões nacionais e de regiões estrangeiras, contamos com a presença da região convidada dos Vinhos do Douro e do Porto através do Instituto de Vinhos do Douro e do Porto que realiza uma prova temática, no dia 30 de setembro.

Estarão ainda presentes a Comissão Vitivinícola do Algarve, a Associação de Produtores de Vinho de Talha, o Município de Vidigueira, que apresentará a Rota do Vinho de Talha, o Município de Mértola que traz os vinhos deste concelho, o Município de Oeiras que apresenta os Vinhos de Carcavelos, o Município de Pinhel - cidade do Vinho 2022 e o Município de Almendralejo que dá a
conhecer os vinhos desta região espanhola.

Este ano, a VINIPAX apresenta uma renovada Loja de Vinhos, com um horário alargado, que permitirá a compra de todos os vinhos representados neste certame. Esta loja dá ainda a possibilidade de escolher qualquer referência de vinho em prova na VINIPAX para acompanhar as refeições no
espaço SUL À MESA.


A PATRIMÓNIOS DO SUL promove a identidade do território do sul do país ao nível económico, cultural e turístico, durante três dias, no Parque de Feiras Manuel de Castro e Brito, em Beja.
Em destaque vão estar os vinhos, os produtos agroalimentares, o turismo, o património cultural, a biodiversidade, as artes e ofícios, a gastronomia, a caça e a pesca, a tradição taurina e as aves.

Na programação da VINIPAX2022, além das habituais provas comentadas promovidas pelos produtores presentes, haverá um destaque para os "vinhos de Beja" e para o tradicional "vinho de talha" e será promovida a estreita ligação dos vinhos e da gastronomia, através da realização de provas de harmonização, no espaço SUL A MESA, onde assinalarão presença alguns restaurantes de excelência da região de Beja.

O Alentejo é a região líder no mercado nacional na categoria de vinhos engarrafados de qualidade com Denominação de Origem (DOC Alentejo] ou Indicação Geográfica (Regional Alentejano), tendo uma quota de mercado de cerca de 40%.

Nos últimos 30 anos a área de vinha no Alentejo passou de cerca de 13 mil hectares para quase 23 mil hectares e de cerca de 40 produtores/engarrafadores passou-se para quase 360, tendo a produção de vinho crescido de cerca de 40 milhões de litros para mais de 100 milhões de litros. Esta situação foi uma consequência do crescimento da procura do vinho alentejano, o que provocou uma autêntica revolução na região. O êxito continuado dos vinhos alentejanos desde o final da década de oitenta levou a que inúmeros agricultores e investidores, alguns externos e outros da própria região, quisessem investir num negócio muito rentável.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31