Imprimir esta página

Mourao

Bombeiros de Mourão denunciam ambulâncias retidas com doentes Covid-19 por falta de espaço na urgência do Hospital de Évora

Bombeiros de Mourão denunciam ambulâncias retidas com doentes Covid-19 por falta de espaço na urgência do Hospital de Évora Foto: Bombeiros de Mourão
Regional 05 Jan. 2021

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Mourão informou esta noite em comunicado que, devido à rutura da urgência Covid no Hospital Espírito Santo de Évora, as ambulâncias da associação estão retidas com utentes dentro das mesmas à mais de 3 horas.

A Associação dos Bombeiros comuncia assim que, "infelizmente se ocorrer alguma situação de urgência no nosso concelho poderá estar comprometida a nossa resposta por falta de meios."

"Não compreendemos a estratégia adotada por quem teima em enviar os nossos utentes para o Hospital de Évora e os mesmos ficam dentro das nossas ambulâncias a oxigénio e por vezes voltam para trás sem entrarem no Hospital," lê-se no comunicado da Associação.

É de recordar que a situação de rutura do Hospital de Évora na urgência Covid, já data do dia 2 de janeiro onde foi transmitida a todas as Corporações de Bombeiros do Distrito de Évora, que os doentes que se encontrem em situação Covid teriam que ser encaminhados para outras Unidades hospitalares.