Imprimir esta página

Aljustrel

Câmara de Aljustrel disponibiliza apoio psicológico para comunidade ucraniana!

Regional Escrito por  09 Mar. 2022

A Câmara de Aljustrel, no distrito de Beja, colocou à disposição da comunidade ucraniana residente no concelho apoio psicológico, para que esta possa enfrentar a atual situação “de maior vulnerabilidade emocional” da “melhor forma possível”.

A disponibilização do Gabinete de Apoio Psicológico foi manifestada na recente reunião que o executivo do município alentejano manteve com a comunidade ucraniana residente no concelho.

“Como temos uma psicóloga disponível, e até pela experiência que tivemos com a covid-19, decidimos disponibilizar esse serviço”, explicou à agência Lusa o presidente do município, Carlos Teles (PS).

Segundo o autarca, no concelho de Aljustrel residem cerca de 50 ucranianos, cujas famílias estão sobretudo na zona de Lviv, “onde a situação ainda não é muito grave”.

A par da disponibilização de apoio psicológico, a Câmara de Aljustrel também se associou a uma campanha de recolha de vestuário e alimentos para apoiar a Ucrânia, que terminou no passado domingo.

“E temos o Gabinete de Apoio à Presidência sempre em contacto com a nossa comunidade ucraniana, para tratar de documentação de familiares que venham para Portugal”, revelou Carlos Teles.

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 406 mortos e mais de 800 feridos entre a população civil e provocou a fuga de mais de dois milhões de pessoas para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

C/Lusa