25 Jan. 2022
 
Rimas ao Sul
14:00-15:00

Evora

Câmara de Évora e Associação Ser Mulher juntas no apoio a crianças e jovens vítimas de violência

Regional 29 Nov. 2021

A Câmara Municipal de Évora participou esta semana na assinatura de um protocolo com a Associação Ser Mulher e a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Évora para implementação de uma Resposta de Apoio Psicológico a Crianças e Jovens Vítimas de Violência Doméstica, conform divulgado pelo município.

Foi com a apresentação e assinatura do referido protocolo no dia 25 de Novembro – extensível a todos os municípios do distrito de Évora – que a Associação Ser Mulher decidiu assinalar o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres.

Esta nova resposta está inserida no âmbito da Estrutura de Atendimento Técnico Territorializado de Apoio às Vítimas e para a sua implementação foram contratadas duas psicólogas que se deslocarão aos diversos concelhos.

A assinatura do protocolo foi antecedida de uma cerimónia nas instalações da Ser Mulher, onde interveio para além da Presidente da Associação, Ana Beatriz Cardoso, o Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, o Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas, Luís Dias, a Presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Évora, Ana Luísa Botto, a representante da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, Sara Moreira, entre outras entidades.

Refira-se que a Associação Ser Mulher https://www.facebook.com/etav.sermulher integra a Rede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica assegurando as respostas como Casa Abrigo para vítimas de violência doméstica e filhos e a Estrutura de Atendimento Técnico Territorializado a Vítimas de Violência Doméstica (ETAV). A resposta ETAV resulta de um projeto apresentado e aprovado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego para criação de estruturas territorializadas de atendimento especializado e acompanhamento (através de apoio, social, psicológico e jurídico) a vítimas de violência em relações de intimidade.

No ano de 2021 foi celebrado entre o Município de Évora e esta entidade um protocolo de que resultou a implementação desta resposta no concelho. Foram ainda celebrados protocolos com os concelhos de Mourão, Alandroal, Arraiolos, Montemor-o-Novo, Redondo e Reguengos de Monsaraz e com as Freguesias de Canaviais, Horta das Figueiras, Malagueira e São Manços e São Vicente do Pigeiro.

“O Município de Évora foi sempre um parceiro importantíssimo e estratégico que nos tem apoiado nas nossas actividades”, sublinhou a Presidente da Associação Ser Mulher, destacando o trabalho desenvolvido em conjunto com os municípios do distrito e considerando que esta nova resposta vem colmatar a necessidade fundamental de apoiar crianças e jovens “que não podem viver neste contexto de violência e ser esquecidas”.

Também o Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, reconheceu que a pandemia agravou bastante as desigualdades sociais e económicas e as situações de violência no seio familiar pelo que é imprescindível esta nova resposta no terreno e o prosseguimento do trabalho conjunto. “A pandemia mostrou que temos de trabalhar em conjunto para dar respostas capazes porque os recursos são muito poucos”, salientou o autarca na sua intervenção.

Foto/Fonte: CM Évora

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31