×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Vidigueira

Câmara de Vidigueira decide constituir-se assistente no processo judicial contra ex-autarca

Regional 09 Abr. 2021

Tal como a Rádio Campanário noticiou, o Ministério Público deduziu acusação por alegado crime de peculato contra o ex-presidente da Câmara de Vidigueira Manuel Narra.

A Câmara Municipal de Vidigueira, informou hoje, através da sua página oficial de facebook que, "na qualidade de eventual lesado recebeu o Município de Vidigueira Despacho de acusação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) Regional de Évora referente ao anterior Presidente da Câmara, “como autor material e em concurso efetivo na prática de um crime de peculato de uso” e de um crime de “falsificação de documento”.

Segundo avança a Cãmara Municipal "o Relatório de acusação refere de forma exaustiva que o mesmo terá recebido indevidamente durante o último mandato em que presidiu ao Município o montante de 42 508.80€ em ajudas de custo, nomeadamente deslocações."

O Município, adianta,  decidiu constituir-se como assistente do processo com o objetivo de solicitar o ressarcimento das verbas referidas como pagas indevidamente.

Ao arguido, de acordo com o Relatório de Acusação, refere a autarquia, foi determinado que “aguarde ulteriores termos do processo sujeito à medida de coação de TIR” (Termo de Identidade e Residência).

O Município acrescenta ainda "Acresce informar que existem outros processos a decorrer sobre eventuais irregularidades ao funcionamento dos serviços durante o mandato anterior, de cujo desenvolvimento o atual executivo é alheio. O Município aguarda o desenrolar dos acontecimentos esperando que seja apurada toda a verdade."

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31