26 Out. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Castro Verde

Castro Verde deseja que a Basílica Real seja monumento nacional

Regional 11 Ago. 2021

A Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCA) entregou a proposta do pedido de reclassificação como monumento nacional, da Basílica Real de Castro Verde, no Baixo Alentejo, à Direção Geral do Património Cultural (DGPC).

Desde 1993 que é imóvel de interesse público, mas a história e imponência justificam o pedido, conforme a TSF avança.

Tal como a Rádio Campanário tinha noticiado, O município de Castro Verde anunciou ontem na sua página de Facebook, a assinatura do Auto de Consignação da fase mais importante das obras de reabilitação da Basílica Real de Castro Verde, que contempla a conservação e o restauro do teto pintado em madeira. A assinatura do Auto de Consignação foi realizada pelas 11h00, no Salão Nobre da Câmara Municipal.
.

Esta ação conta com num investimento de € 310.000,00, fruto da articulação entre a Paróquia de Castro Verde, a Câmara Municipal e a SOMINCOR.

Este investimento tem um apoio de 75% de fundos comunitários, no âmbito do Programa Alentejo 2020, tendo os 15% da comparticipação nacional sido assumidos pela empresa mineira SOMINCOR, ao abrigo da Lei do Mecenato.
A requalificação da Basílica Real de Castro Verde decorre no âmbito de uma parceria entre a Paróquia de Castro Verde e a Câmara Municipal, contando com a cooperação da SOMINCOR e da Direção Regional de Cultura do Alentejo.

A Basílica Real conta com duas importantes intervenções de requalificação concluídas. A 1ª fase contemplou a limpeza manual do telhado, o arranjo de portas e janelas e a pintura total do monumento, num investimento superior a €65.000,00. A 2ª fase, por sua vez, consistiu na recuperação do coro alto e do nártex, num investimento superior a € 50 000.

Nas duas fases já concretizadas da intervenção, o Município assegurou apoio técnico, fiscalização e um apoio financeiro global superior a € 45.000.

 

A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, mais conhecida por Basílica Real, encontra-se no coração da vila.

A Basílica Real apresenta um interior coberto de painéis de azulejos do século XVIII que retratam a Batalha de Ourique, episódio lendário ligado à fundação de Portugal.

Neste monumento de Castro Verde é possível visitar o núcleo museológico de arte sacra, composto por alfaias religiosas mais importantes do concelho, provenientes de várias paróquias.

Na Basílica Real encontra-se peças dos séculos XV ao século XVIII, tais como a cabeça-relicário de São Fabião, de Casével, obra-prima da A ourivesaria românica peninsular (século XIII), a imagem flamenga de Santa Bárbara, de Entradas (século XV), e um Crucifixo indo-português do século XVII.

 

In TSF

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31