Comemorou-se hoje o Dia da Arma de Artilharia e do Regimento de Artilharia N.º 5 em Vendas Novas!(c/fotos)

Regional Escrito por  06 Dez. 2022

As comemorações foram presididas pelo Chefe do Estado-Maior do Exército, General José Nunes da Fonseca.

Decorreram hoje, dia 6 de dezembro, as Comemorações do Dia da Arma de Artilharia e do Regimento de Artilharia N.º 5, em Vendas Novas, tendo sido presididas pelo Chefe do Estado-Maior do Exército, General José Nunes da Fonseca, que contaram com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas, Dr. Luís Dias, do Vice-Chefe do Estado-Maior do Exército, Tenente-General Guerra Pereira, entre outras entidades militares e civis.

As atividades do programa comemorativo incluíram uma Cerimónia de Homenagem aos Mortos em Combate, a entrega do Bastão ao Diretor Honorário da Arma de Artilharia, Tenente-General Cóias Ferreira, uma alocução alusiva ao Dia da Arma de Artilharia pelo seu Diretor Honorário, a alocução do Chefe do Estado-Maior do Exército e uma Sessão Solene sobre o Momento Revista de Artilharia, em que se procedeu à entrega dos Prémios “Revista de Artilharia 2022” e “Coronel de Artilharia Zepheryno Brandão 2022".

As comemorações culminaram com a atuação da Banda do Exército e com uma demonstração dinâmica de capacidades.

O General José Nunes da Fonseca, na sua intervenção, referiu que "a Arma de Artilharia é herdeira de um apreciável legado histórico, com especificidade e idiossincrasia próprias, que distinguem os seus militares, as suas forças e as suas unidades. Como bem sabemos, a eficácia da Artilharia, ao longo dos tempos, tem basicamente assentado em rigor no planeamento, em oportunidade de intervenção, em capacidade de coordenação, em destreza na execução e em precisão dos efeitos pretendidos. Estas características assim persistem, presentemente, e prevalecerão.

No quadro da edificação de um Exército moderno e credível, apto a intervir de forma consistente e proficiente num leque alargado de missões, a Arma de Artilharia detém responsabilidades ímpares. Porque encerra uma apreciável dimensão tecnológica, preponderante para um poder verdadeiramente dissuasor e com capacidade para influenciar decisivamente o combate terrestre. A Artilharia assume-se um incontornável elemento no apoio à manobra, pela disponibilização de fogos de campanha e proteção antiaérea às nossas forças no campo de batalha, assim como a áreas e pontos sensíveis." 

O Chefe do Estado-Maior do Exército terminou o seu discurso exortando a que "prossigais o notável trabalho que vêm desenvolvendo, pois com a vossa competência e compromisso sereis determinantes para a capacidade operacional do Exército.​"

Fonte/Fotos: Exército Português

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28