07 Fev. 2023
Nuno Rocha
Ponto de Contacto
11:00-13:00

Evora

“Contamos com a generosidade dos Alentejanos e voluntários para ajudarmos mais pessoas” diz Tiago Appleton do Banco Alimentar contra a Fome Évora(c/som)

Regional Escrito por  23 Nov. 2022

 

Arranca hoje em todo o país mais uma campanha do Banco Alimentar contra a Fome.

Sob o mote "ESPERANÇA", vão decorrer duas campanhas:

- de 24 novembro a 4 de dezembro, as Campanhas Ajuda Vale e Online

- a 26 e 27 de novembro, a Campanha de recolha nas portas das superfícies comerciais

A Rádio Campanário falou com Tiago Appleton do Banco Alimentar contra a Fome de Évora sobre esta nova campanha e quais os objetivos traçados para ela.

Tiago Appleton começou por referir “vamos ter no próximo fim-de-semana em todas as lojas supermercados, pequenas mercearias, no distrito de Évora a nossa campanha de recolha de alimentos para o Banco Alimentar Contra a fome e vamos estar em várias localidades, nomeadamente em Évora, Montemor, Portel , ou seja , um pouco por todo por todo o distrito; os nossos voluntários vão estar à porta das instituições e vão estar a solicitar às pessoas que vão fazer compras, que participem com o que quiserem dar” explicando ser preferível “ alimentos não perecíveis”. As doações, refere “ vamos armazená-las no nosso armazém e depois vamos distribuir estes alimentos pelas instituições que são nossas parceiras nesta atividade. “

Tiago acrescenta igualmente que vai estar em vigor "a campanha vale e também a campanha internet permitindo que as pessoas, comodamente a partir de casa, possam fazer a sua contribuição.”

Tiago Appleton explica que o armazém do banco Alimentar contra a Fome de Évora está vazio e “preparado para receber as doações desta campanha” acrescentando esperar que se atinja nesta campanha, pelo menos o mesmo da anterior realizada há uma ano atrás “40 toneladas de alimentos.”

O responsável pelo Banco Alimentar contra a Fome de Évora explica que há cada vez mais pedidos de ajuda “ a situação económica das famílias agravou-se e a tendência com os efeitos da guerra conduzem muitas pessoas que estavam no limiar da pobreza para a pobreza e as pessoas que estão na pobreza , têm ainda mais dificuldade de sair dela.”

Tentamos responder da melhor forma a estas solicitações e por isso é importante que esta campanha corra bem, nós sabemos que vai ser muito difícil batermos os números do ano passado mas temos essa esperança” acrescentou ainda.

Para isso,  refere “contamos com a generosidade dos Alentejanos e dos voluntários, para que possamos ajudar mais pessoas."


 


 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28