COVID-19: Escolas não vão abrir em abril, anuncia Presidente da República

COVID-19: Escolas não vão abrir em abril, anuncia Presidente da República Foto: Jornal Económico
Regional 07 Abr. 2020

O Presidente da República afirmou esta terça-feira que, segundo os especialistas, é preciso manter o esforço de confinamento em abril para dar "passos de liberdade em maio, tanto no sistema escolar como nas atividades económicas e sociais”. O terceiro período estava marcado para começar em 14 de abril.

Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas no final da terceira reunião técnica sobre a "Situação epidemiológica da COVID-19 em Portugal", no Infarmed, em Lisboa.

Questionado se das suas palavras se pode depreender que, por vontade dos técnicos, não haverá abertura das escolas neste mês de abril, o chefe de Estado respondeu: "Isso pode depreender obviamente. Não haverá. É o senhor primeiro-ministro que o dirá no dia 9 de abril, mas daquilo que disseram os especialistas, é ganhar em abril o mês de maio, portanto, é manter este esforço em abril."

Transmitindo à comunicação social as mensagens dos especialistas, que considerou terem sido "muito claras e muito impressivas", o Presidente da República declarou que "há uma tendência positiva" na evolução da propagação da COVID-19, "lenta, mas positiva".

"A segunda ideia é a de que, se queremos ganhar a liberdade em maio, precisamos de a ganhar em abril. Isto é, para dar passos em maio de liberdade, no sentido de regresso progressivo à normalidade, não apenas no sistema escolar, como na atividade económica e social, é preciso em abril ganhar maio", acrescentou.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31