×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Alentejo

Covid-19: Pais que fiquem com filhos nas vésperas dos feriados terão faltas justificadas mas poderão não ser remunerados

Regional 25 Nov. 2020

Segundo foi hoje divulgado, no final da reunião de Concertação Social, os pais que fiquem em casa com os filhos a 30 de novembro e a 07 de dezembro, devido ao encerramento das escolas, terão faltas justificadas mas perdem remuneração, a menos que os empregadores lhes concedam tolerância de ponto.

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, disse aos jornalistas que os apoios financeiros extraordinários concedidos aos pais que tiveram de ficar em casa com os filhos durante o confinamento que se iniciou em março devido à pandemia de covid-19 não se aplicam à presente situação, segundo avança a Lusa.

Em termos práticos, se não comparecer ao trabalho nas vésperas dos feriados de 01 e de 08 de dezembro, por necessidade de cuidar dos filhos, não terá remuneração a menos que as empresas privadas correspondam ao apelo do Governo e decidam atribuir tolerância de ponto aos seus trabalhadores. No entanto, os trabalhadores terão as suas faltas justificadas.

No âmbito da regulamentação do último decreto do estado de emergência, o Governo anunciou no sábado que nas vésperas dos feriados de 01 e 08 de dezembro não haverá aulas e a função pública terá tolerância de ponto e apelou para que o setor privado possa dispensar também os trabalhadores nestes dois dias.

Ana Mendes Godinho reafirmou, segundo a Lusa, o apelo às empresas para que concederam tolerância aos seus empregados, contribuindo, assim, para o esforço coletivo de "minimizar o risco de contágio durante quatro dias".

 

(Fonte: LUSA)

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31