20 Out. 2021
 
Rimas ao Sul
14:00-15:00

COVID19

Covid-19: Portugueses vão receber SMS a perguntar se querem ser vacinados

Regional 17 Dez. 2020

De acordo com o plano de vacinação desenhado pela 'task force', a convocatória para a toma da vacina contra a Covid-19 deverá ser feita por SMS, avança a TVI 24. Recorde-se que, tal como a Rádio Campanário noticiou, tanto o primeiro-ministro, António Costa, como a ministra da Saúde, Marta Temido, apontaram entre os dias 27 a 29 para o início da campanha de vacinação. 

Inicialmente, revela ainda o canal, cada utente vai receber uma mensagem a perguntar se quer ser vacinado. Posteriormente, cada português que a receba terá de responder 'sim' ou 'não'. Em caso afirmativo, irá seguir-se outro SMS com o agendamento. 

As primeiras vacinas contra a Covid-19 chegarão a Portugal a 24 ou 26 de dezembro e estima-se que até abril sejam vacinadas 950 mil pessoas, anunciou hoje o coordenador da task force do Plano de Vacinação. "A informação que temos é que as primeiras vacinas chegarão a Portugal ou dia 24 ou dia 26 de dezembro e estaremos em condições de iniciar a vacinação. Aliás, o que está combinado em termos europeus é que todos os 27 estados-membros iniciarão a vacinação de 27 a 29 de dezembro", afirmou o coordenador da task force para o processo de vacinação, Francisco Ramos, no final de um encontro com jornalistas, em que foi apresentado o "Plano de vacinação Covid".

A primeira fase de vacinação inclui 950 mil pessoas prioritárias, nomeadamente: 

  • profissionais de saúde e residentes em lares e em instituições similares e profissionais e internados em unidades de cuidados intensivos - 250 mil pessoas;

  • pessoas com 50 ou mais anos, com pelo menos uma das seguintes patologias: insuficiência cardíaca, doença coronária,insuficiência renal, doença pulmonar obstrutiva crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração - 400 mil pessoas;

  • profissionais de saúde diretamente envolvidos na prestação de cuidados de doentes e profissionais de forças de segurança e serviços críticos - 300 mil pessoas 

A segunda fase de vacinação inclui todas as pessoas com mais de 65 anos (com patologias ou não, e as pessoas com mais de 50 anos, com diabetes, neoplasia maligna ativa, insuficiência hepática, insuficiência renal, obesidade, hipertensão arterial e, eventualmente, outras patologias).  Estão aqui incluídas 1,8 milhões de pessoas. 

A terceira fase inclui o "resto da população". 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31