Imprimir esta página

Reguengos de Monsaraz

Covid 19: Reguengos de Monsaraz inserido nos concelhos de risco muito elevado

Regional 22 Nov. 2020

Os Serviços Municipais de Proteção Civil de Reguengos de Monsaraz, através da página oficial de facebook do Município, informaram que, dada a decisão tomada em conselho de ministros de dividir o País por escalões em mapas de risco, que o seu concelho, à semelhança do concelho de Mora, os únicos dois concelhos do alentejo Central nesta situação, integrou o escalão de risco muito elevado.

A mesma publicação dá ainda conta que a avaliação do risco no CONCELHO DE REGUENGOS DE MONSARAZ resulta do surgimento de cerca de 50 de novos casos positivos à Covid-19 nos últimos 14 dias. Para uma população de cerca de 10 mil habitantes, o concelho registou um ÍNDICE DE RISCO um pouco acima dos 500 novos casos positivos nos últimos 14 dias, por cada 100 mil habitantes.

A Proteção civil adianta ainda “estamos, nesta fase da pandemia no nosso concelho, com um nível de propagação do vírus na comunidade semelhante ao número de casos gerados pelo gravíssimo surto de junho passado, facto que revela o grau de risco muito elevado e da ABSOLUTA NECESSIDADE DE TODOS TERMOS O MÁXIMO CUIDADO COM OS COMPORTAMENTOS DE RISCO”.

Os Serviços Municipais de Proteção Civil deixam assim um conjunto de indicações que devem ser seguidas neste caso concreto:

1. um rigoroso cumprimento das normas da DGS em matérias de higiene pessoal (lavar frequentemente as mãos), distanciamento físico, uso de máscara e outros EPI adequados a cada situação, cumprimento da etiqueta respiratória e instalação da aplicação Stayaway Covid;

2. uma total atenção a qualquer pequeno sinal da existência de sintomas Covid-19 que deve imediatamente dar origem a um contacto com a linha SAÚDE24 ( 808 24 24 24) ou à linha telefónica disponibilizada pelo Centro de Saúde de Reguengos de Monsaraz (266 758 774), para que seja efetuado o encaminhamento adequado;

3. uma saída imediata de ambientes escolares, laborais ou institucionais (por exemplo Lares) sempre que seja detetado qualquer sintoma Covid-19: nomeadamente, febre: temperatura ≥ 38.0ºC, tosse, dor de garganta, cansaço e dores musculares e, nos casos mais graves, pneumonia grave, síndrome respiratória aguda grave, septicémia ou choque sético;

4. evitar ao máximo contactos não urgentes ou prioritários, reuniões, ajuntamentos, ainda que no seio familiar. Adiar um momento festivo coletivo pode salvar vidas;

5. A todos aqueles que se encontram em período de isolamento recordamos que deverão ser cumpridas algumas regras obrigatórias e fundamentais:
- nunca deverá sair de casa,
- deverá permanecer numa divisão própria e evitar o contato com os restantes membros do agregado familiar,
- não partilhe pratos, copos, utensílios de cozinha, toalhas, lençóis ou outros objectos pessoais,
- não convide nem receba visitas (em situações de necessidade de contatos urgentes utilize o telefone ou meios digitais),
- ligue antes ao médico e evite deslocações desnecessárias,
- lave as mãos com frequência com água e sabão durante pelo menos 20 segundos,
- use sempre a máscara quando estiver com outras pessoas,
- ao espirrar e tossir tape a boca e o nariz com um lenço descartável, deite o lenço no lixo e lave as suas mãos,
- meça a sua temperatura diariamente e informe se houver um agravamento de sintomas,
- coloque todos os resíduos produzidos num saco plástico diferente dos restantes. Encha-o apenas até 2/3 e feche-o bem.

6. O cumprimento destas regras é fundamental para evitar a propagação do vírus a todo o agregado familiar e mesmo a outros familiares e amigos.

Recorde-se que, de acordo com a decisão tomada em conselho de ministros, no ALENTEJO CENTRAL ficaram determinados o seguintes níveis de Risco:
- MODERADO: nos concelhos de Mourão, Portel, Arraiolos, Vendas Novas, Alandroal e Borba;
- ELEVADO: nos concelhos de Estremoz, Évora, Montemor-o-Novo, Redondo, Viana do Alentejo e Vila Viçosa;
- MUITO ELEVADO: nos concelho de Mora e Reguengos de Monsaraz.