×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

NACIONAL

Covid-19: Vacina da AstraZeneca/Oxford tem média de 70% de eficácia na proteção contra o vírus

Regional 23 Nov. 2020

Foi anunciado pela companhia AstraZeneca, esta segunda-feira dia 23 de novembro, que a vacina que está a desenvolver contra a Covid-19, em parceria com a Universidade de Oxford, tem uma eficácia média de 70 por cento na proteção contra o vírus em dois segmentos do estudo.

Através de um comunicado feito pela página da empresa, o laboratório revela que a vacina impede que 70 por cento das pessoas desenvolvam a doença provocada pelo novo coronavírus, segundo indicam os resultados provisórios da fase 3 dos ensaios que provaram que a eficácia resultou da combinação de dois regimes de dosagem: um foi 90 por cento eficaz e o outro 62 por cento.

Estes são resultados provisórios dos ensaios clínicos em grande escala desenvolvidos no Reino Unido e no Brasil, diz a AstraZeneca. Mas em relação aos dados já disponíveis, esta vacina tem uma taxa de eficácia menor do que as da Pfizer/BioNTech ou Moderna, que ultrapassam os 90 por cento.

É de recordar, e como noticiou a Rádio Campanário, a farmacêutica suspendeu os testes da vacina à Covid-19 em setembro após uma reação adversa num voluntário. È de notar ainda também que esta é uma das vacinas candidatas que Rui Ivo, presidente da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), indicou que há contrato firmados.

Os investigadores envolvidos na produção desta vacina assinalaram ainda que a vacina "é eficaz na prevenção de muitas pessoas de ficarem doentes e tem demonstrado funcionar bem em diferentes faixas etárias". E também que a eficácia poderá mesmo chegar aos 90 por cento "sob um regime de dosagem".

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31