×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 64
Imprimir esta página

Crato

Crato: Faleceu enfermeiro Paulo (o enfermeiro de todas as horas)

Regional 31 Jul. 2020

O Município do Crato, na sua página oficial de Facebook, anunciou hoje que o Crato está de luto.

Em nota de pesar, o Município informou que faleceu ontem, Paulo Morais, Enfermeiro de profissão e estimado por todos, casado e pai de dois filhos, 47 anos de idade, autarca eleito no Município do Crato e ativista associativo. 

O “enfermeiro de todas as horas” como era conhecido, foi um  grande benemérito desta vila Alentejana.

O Presidente da Câmara Municipal do Crato , na página oficial do Município, já "manifestou o seu pesar pela morte inesperada do resistente de toda a vida, pelo homem de enorme coragem e convicções que foi Paulo José de Matos Morais e apresenta à família enlutada, em especial à viúva, aos filhos, aos pais e irmã, as suas condolências."

A Junta de Freguesia de Gáfete em conjunto com a Câmara Municipal do Crato e o médico de Medicina Geral e Familiar do Centro de Saúde do Crato – Extensão de Gáfete, enviaram à RC a seguinte mensagem de pesar:

"No dia 30 de Julho de 2020, a Freguesia de Gáfete foi informada da morte do Enfermeiro Paulo José de Matos Morais com 47 anos de idade, do Centro de Saúde do Crato – Extensão de Gáfete onde exercia a sua profissão há cerca de 17 anos. Toda a população de Gáfete ficou transtornada e chocada com este lamentável acontecimento. Infelizmente perdemos um excelente e competente enfermeiro que laborava na extensão de Saúde de Gáfete diariamente, colaborando e auxiliando o Médico de Medicina Geral e Familiar João Manuel Batista Carvalho, demonstrando sempre uma dedicação e empenho extraordinário para com os seus utentes, tanto na prestação de serviço público que desempenha no local, bem como no trabalho domiciliário que realizava á população mais fragilizada em termos de saúde. O enfermeiro Paulo Morais demonstrou sempre e disponibilizava-se, mesmo nos períodos fora do seu horário de trabalho, para ajudar, aconselhar e encaminhar a população de Gáfete quando era contatado por alguém que precisava de ajuda médica, pois este enfermeiro não tinha qualquer problema em fornecer o seu contato pessoal à população. Com o devido respeito para com todos os seus colegas de profissão, permitem-me exclamar: que ninguém é insubstituível, mas, dificilmente a nossa terra irá ter um enfermeiro e um homem com esta bondade, estima e solidariedade que tinha para com o próximo.

Este GRANDE HOMEM, como pessoa era um amigo com o qual toda a gente poderia confraternizar e ter o prazer de passar felizes e alegres momentos de convívio e sociabilidade, porque o nosso amigo Paulo estava sempre bem-disposto e de braços abertos de uma forma extraordinária como ser humano e lutador pela igualdade e bem-estar de todos.

O Paulo, como qualquer pessoa tinha os seus passatempos, nomeadamente na área da columbofilia e ornitologia, perante os quais era feliz, dedicado e onde chegou a ser premiado várias vezes nestas áreas a nível Nacional.

Agora, e neste momento de reflexão, infelizmente nada podemos fazer para ajudar o Paulo de alguma forma, mas sabemos que nos deixa um legado de humanismo e cidadania que ficará nos nossos corações e que dificilmente será esquecido.

Resta-me apresentar e transmitir o meu sentimento de profundas condolências à sua estimada família (esposa, aos dois filhos, seus pais e irmã), bem como a todos os seus amigos.

Paulo Morais obrigado por tudo!

Subscrito por:

O Presidente da Junta de Freguesia de Gáfete,

José Manuel Abreu Garcia

O Presidente da Câmara Municipal do Crato,

Joaquim Bernardo dos Santos Diogo

O médico de Medicina Geral e Familiar do Centro de Saúde do Crato – Extensão de Gáfete,

João Manuel Batista Carvalho".