12 Abr. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

É esta noite! “Estrela de Belém” pode ser vista nos céus 800 anos depois

É esta noite! “Estrela de Belém” pode ser vista nos céus 800 anos depois Foto: THE DENVER POST
Regional 21 Dez. 2020

Será esta noite que vai acontecer um fenómeno astronómico que não acontecia desde 1226, há quase 800 anos.

Os dois maiores planetas do nosso sistema solar nunca estiveram tão próximos desde praticamente a Idade Média. Neste dia em que se assinala o Solstício de Inverno, Júpiter e Saturno vão estar tão alinhados no céu, na forma de um “planeta duplo”. Este tipo de aproximação é denominada de conjunção.

“Alinhamentos entre estes dois planetas são bastante raros e ocorrem a cada 20 anos. Contudo, esta conjunção é excecionalmente rara por causa da proximidade entre um e outro", afirmou o astrónomo Patrick Hartigan, em comunicado citado pela CNN.

Júpiter e Saturno têm vindo a aproximar-se desde o verão. Atualmente já estão visíveis no nosso céu noturno, cada vez mais perto um do outro.

Desta vez, para observar esta conjunção planetária, basta olhar para o céu a ocidente, perto da linha do horizonte.

Nesta noite da maior aproximação, Júpiter e Saturno vão aparentar ser um "planeta duplo", separados por apenas 1/5 do diâmetro da Lua cheia", disse Hartigan, acrescentando que, "para a maioria dos observadores de telescópio, cada planeta e várias das suas maiores luas serão visíveis no mesmo campo de visão naquela noite".

Embora estes dois planetas pareçam próximos, continuam separados por centenas de milhões de quilómetros, frisa a NASA.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30