24 Jun. 2021
Augusta Serrano
Notícias
17:00-19:30
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

E-REDES investe 14,5 milhões de euros na gestão da vegetação

E-REDES investe 14,5 milhões de euros na gestão da vegetação https://jornalaltoalentejo.sapo.pt/
Regional 13 maio 2021

A E-REDES vai investir, até ao final deste ano, 14,5 milhões de euros em acções de inspecção e de intervenção nas zonas de protecção e nas faixas gestão de combustível junto às linhas de electricidade, com o intuito de garantir a melhoria da qualidade de serviço e a segurança das redes eléctricas. O anúncio foi feito esta manhã pelo presidente do Conselho de Administração da Empresa, no âmbito da III Conferência Gestão da Vegetação.

 “A E-REDES tem feito uma aposta significativa no desenvolvimento de soluções inovadoras com vista à gestão, manutenção e monitorização das redes eléctricas, com especial enfoque nos espaços florestais. Para tal, temos implementado sistemas avançados de monitorização da vegetação junto à rede de distribuição de electricidade, dos quais são exemplo a inspecção termográfica das linhas eléctricas através de voos de helicóptero e a medição das distâncias de segurança com recurso a drones e imagens de satélite. O tratamento das imagens aéreas e de toda a informação recolhida tem-nos permitido assegurar uma intervenção cada vez mais eficiente no terreno”, garantiu José Ferrari Careto. “Ao aliarmos o conhecimento técnico à tecnologia e às suas imensas potencialidades, temos conseguido claros benefícios para a sociedade, quer em matéria de segurança, como de qualidade do serviço.  A gestão da vegetação é um tema muito desafiante, especialmente num país com as características de Portugal, mas acreditamos que, com uma actuação coordenada de todos, estamos no caminho certo”, afirmou o presidente da E-REDES.

O evento digital, transmitido a partir de Pampilhosa da Serra, foi acompanhado por mais de 600 pessoas de diversas instituições e entidades ligadas a esta temática e contou com a presença do secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território.

 «A E-REDES é uma das entidades integrantes do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais que maior eficácia introduz na execução e manutenção das faixas de gestão de combustível da rede secundária, demonstrando que a tecnologia é um poderoso aliado na gestão eficiente e inteligente de combustível. Cientes da importância cada vez mais relevante da tecnologia na monitorização da superfície terrestre, acompanhamos com muita atenção os processos tecnológicos que podem potenciar o sistema de monitorização de ocupação do solo, partindo de uma premissa fundamental: boa informação é essencial para boas e melhores políticas. Reconhecendo esta evidência e esta necessidade, o Governo, com o apoio do Next Generation EU, irá investir significativamente no levantamento LiDAR, no modelo digital do terreno e na cobertura com imagens de satélite de muito alta resolução de todo o território nacional, entre outros investimentos que serão realizados no âmbito da cartografia de referência», concluiu João Catarino.

In https://jornalaltoalentejo.sapo.pt/

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30