Vila Vicosa

“É um dia importante para Portugal, e Vila Viçosa faz parte desta história que há muito que não era assinalada,” diz presidente da CM de Vila Viçosa (c/som)

Regional 01 Dez. 2021

O Município de Vila Viçosa celebrou o 1º de dezembro, dia da Restauração da Independência, com um cortejo desde a Praça da República até ao Paço Ducal, com a Aclamação do Rei D. João IV, 8.º Duque de Bragança e 1.º Rei da Dinastia Brigantina.

A Rádio Campanário esteve presente e falou com o Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Inácio Esperança, que nos referiu que esta data “há muitos anos que não era assinalada”.

Inácio Esperança referiu “como já dissemos aos calipolenses, e era nosso projeto eleitoral, queremos marcar esta data, como uma data com muito significado para Vila Viçosa” destacando que “este ano iniciámos com um modelo diferente, que queremos manter e que vai trazer pessoas a Vila Viçosa e dignificar esta data.”

Esta é uma das datas em que Vila Viçosa esteve no centro dos acontecimentos, e segundo o presidente é uma data histórica para Vila Viçosa, “neste dia D. João IV ter sido rei de Portugal, e ser um calipolense, e também aqui, terem-se realizado algumas conjunturas para derrubar o Rei de Castela,” destacando que esta é uma “data importante para Portugal e para Vila Viçosa,” acrescentando “queremos que ela seja importante para a vila trazendo cá pessoas.”

Sobre a importância destas comemorações, Inácio Esperança referiu que “no fundo, é a repetição deste dia e destas comemorações, que vão fazer com que elas sejam conhecidas e que as pessoas venham,” a Vila Viçosa.

Para esta comemoração do 1 de dezembro em Vila Viçosa o presidente destacou que “embelezámos as muralhas do Castelo,” deixando um agradecimento à “Fundação da Casa de Bragança por ter permitido isso.”

Sobre o desfile, o presidente informou que “vamos fazer um desfile histórico, com figurantes de Vila Viçosa e com o envolvimento das associações,” destacando que “no fundo, é isso que pretendemos, envolver a comunidade, as instituições e trazer gente a Vila Viçosa para ver este desfile.”.

Sobre outros eventos que se vão realizar em breve em Vila Viçosa o presidente realça que “queremos também que o dia 8 seja um grande dia,” assim “como o dia 5, que vamos lançar a revista Calipolle,” informando que “vamos também homenagear Florbela Espanca, no dia 8, e queremos que esta seja a semana de Vila Viçosa”, sublinhando que “vamos investir aqui, não só algum dinheiro, como também alguma capacidade de criatividade e envolvimento da população.”

Sobre as comemorações do 1º de dezembro que ocorrem da parte da tarde, um recital de Música Clássica na Igreja dos Agostinhos, pelas 15h, e a apresentação do livro, “A Conceição de Portugal e do Brasil”, e tendo em conta que estamos em caso de calamidade, com regras mais restritas implementadas pela DGS, o presidente referiu que “pedimos parecer, ao Senhor Delegado de Saúde, e como já é público, vamos cancelar algumas atividades que tínhamos previsto este mês.”

No que diz respeito aos eventos comemorativos do 1 de dezembro, “o desfile é apenas um desfile temático pelas ruas e o Senhor Delegado deu parecer favorável, tal como nos Agostinhos,” destacando que “é obrigatório o certificado, há um número limitado de pessoas, há, distanciamento e uso de máscara”.

Concluiu referindo que “estes eventos, são perfeitamente seguros, as coisas estão perfeitamente pensadas e legais, do ponto de vista da autoridade de saúde e nosso também.”

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31