06 Fev. 2023
Nuno Rocha
À mesa com a RC
13:00-14:00

Évora é a terceira cidade mais cara do país para arrendar casa

Regional Escrito por  Nuno Ramalho 29 Nov. 2022

Os números mostram um aumento de mais de 110% do preço das rendas no espaço de um ano.

 

No mês de novembro, o preço médio para arrendar uma casa em Évora era de 1234€. Desde o mês passado, altura em que o preço médio se situava nos 913€, a renda das casas subiu 321€ (35% de aumento).

Os números são do portal de imobiliário Imovirtual e mostram que, no espaço de um ano, o preço de arrendar uma casa em Évora mais do que duplicou, passando dos 584€ para os 1234€, que se traduz num aumento de 111,3%.

Estes valores fazem de Évora a terceira cidade mais cara do país para arrendar casa, apenas atrás de Lisboa e Porto.

Em sentido inverso, face a outubro o preço de venda das casas caiu 3,2%, e o aumento do preço das casas face ao ano passado é de 6,3%.

No caso de Portalegre, a tendência é de quebra. O preço médio de venda de uma casa no distrito caiu 12,3% face a novembro de 2021, e o arrendamento ficou 4,8% mais barato entre outubro de 2021 e outubro último.

Em Beja, o preço das rendas subiu cerca de 30% desde o ano passado, e o preço de venda aumentou 1,9%. Em Setúbal, comprar uma casa está 20,7% mais caro desde o ano passado, e os preços do arrendamento estão 35% mais caros.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28