Gaviao

Gavião: Rio Tejo coberto com um manto verde fluorescente

Regional 17 Set. 2021

O rio Tejo tem estado nos últimos dias pintado de verde junto aos concelhos de Gavião, distrito de Portalegre, e Mação.

De acordo com a notícia avançada pelo Correio da Manhã, o manto verde florescente que cobre a água, surge em consequência da gestão espanhola do caudal da bacia hidrográfica.

De acordo com a mesma fonte, o movimento O ProTEJO, Movimento de cidadania em defesa do Tejo, pondera avançar com queixa junto da Comissão Europeia, por incumprimento da Convenção de Albufeira e porque “o Tejo merece melhor”.

Segundo Paulo Constantino, porta-voz do movimento proTEJO, em declarações ao Jornal de Abrantes, uma invasão de algas que se agrava com os baixos caudais e que acaba por se concentrar junto à barragem de Belver, onde a água fica em represa.

Paulo Constantino disse que este é um problema do rio Ponsul e que agora se estende ao Tejo. E a solução passa por aumentar os caudais para “limpar” as águas. São situações que acontecem regularmente mais a montante, mas que este ano “desceram” até esta zona como se pode ver nas fotos que a Antena Livre registou na zona de Belver. Pode ver-se a concentração “verde” junto às margens.

O manto verde causa uma menor oxigenação da água e pode levar à morte de peixes, sendo mais visível na zona de Belver e praia fluvial do Alamal, concelho de Gavião, bem como junto à barragem de Belver e praia fluvial da Ortiga, concelho de Mação e é resultado da concentração de matéria orgânica, águas residuais não tratadas e outros nutrientes, que causam aumento de algas, limos e lodos.

 

Fonte: Correio da Manhã/Jornal de Abrantes

Foto: Jornal de Abrantes

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31