GNR detém suspeito de provocar incêndio urbano em Aljustrel (Atualizada)

GNR detém suspeito de provocar incêndio urbano em Aljustrel (Atualizada) Foto: DR.
Regional Escrito por  LUSA 06 Ago. 2022

Um homem, com cerca de 50 anos, foi detido hoje pela GNR por suspeitas de ter provocado o incêndio que atingiu duas lojas, em Aljustrel, no distrito de Beja, revelou fonte da força de segurança.

A fonte do Comando Territorial de Beja da GNR indicou à agência Lusa que o suspeito foi detido por militares da Guarda, por suspeitas de fogo posto, depois de ter sido “retido pela população” no local.

O detido, com dupla nacionalidade portuguesa e francesa, foi encaminhado para o posto da GNR em Aljustrel para a “elaboração do expediente”, adiantou a mesma fonte, referindo que a Polícia Judiciária foi chamada ao local.

Segundo uma fonte do Comando Distrital de Operações (CDOS) de Beja, o incêndio, para o qual foi dado alerta às 10:21, atingiu duas lojas contíguas de venda de produtos chineses, no centro de Aljustrel.

O fogo foi considerado dominado às 13:00, referiu a fonte do CDOS de Beja.

Na sequência do incêndio, um bombeiro da corporação de Aljustrel e um militar da GNR foram transportados com ferimentos ligeiros, devido à inalação de fumos, para as urgências do hospital de Beja.

O combate às chamas mobiliza bombeiros de várias corporações do distrito de Beja, a GNR e o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), num total de 58 operacionais, apoiados por 23 veículos, incluindo uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER).

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31