03 Dez. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-23:00

Sines

Grupo em protesto invade refinaria de Sines, uma pessoa identificada

Regional 18 Nov. 2021

Um grupo de ativistas ligados ao coletivo Climáximo que protestam hoje junto da refinaria de Sines da Galp invadiu a unidade, levando à intervenção da GNR, que identificou pelo menos um manifestante, segundo avançou o notícias ao minuto.

Os ativistas chegaram às instalações depois de terem percorrido perto de três quilómetros, entre o local de concentração e a refinaria. Após terem chegado, dividiram-se pelas entradas das instalações e 10, alegadamente, acederam sem autorização às instalações.

Os militares da GNR que se encontravam no local, impediram o aumento de manifestantes no interior das instalações, e acompanharam-nos ao exterior.

Segundo o NM, um dos ativista, sentou-se em frente ao portão do acesso dos camiões à refinaria, tendo sido algemado, retirado do local e identificado pela GNR.

Danilo Moreira, o manifestante identificado " explicou que o outro grupo que tentou entrar na unidade industrial pela portaria pretendia entregar panfletos aos trabalhadores e alertá-los para as alterações climáticas e importância da transição energética justa." confirmou ainda que tinha sido identificado pela GNR.

A ação de hoje da Climáximo, intitulada "Vamos Juntas!", reivindica "o encerramento planeado e gradual da refinaria de Sines" da Galp "até 2025".

O protesto foi apresentado pela Climáximo como uma "ação não violenta de desobediência civil e de bloqueio" à refinaria da Galp em Sines.
Fonte: NM

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31