18 Jan. 2022
 
Terço
19:30-20:00

Herdade do Vale da Rosa quer fixar trabalhadores

Regional 05 Nov. 2021

 

Conhecida pela sua produção de uvas sem grainha, a Herdade do Vale da Rosa pretende fixar trabalhadores e diminuir a rotatividade e a sazonalidade dos seus trabalhadores

Estamos a criar parcerias com empresas locais, criando também condições de alojamento, para que, das uvas de mesa, eles possam ir para o olival, depois para as laranjas, frutos vermelhos… E que para o ano voltem a trabalhar connosco. E, se houver aqui algum período de um ou dois meses que as pessoas não conseguem trabalhar, estamos a criar uma parceria de formação com o IEFP”, afirma Rosália Jacinto, diretora de recursos humanos do Vale da Rosa, durante o 52.º Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Gestão de Pessoas (APG).

O objetivo é garantir que os trabalhadores se fixem na região diminuindo a rotatividade: O desafio é “exigente”, mas traz vantagens para a produtora de uvas de mesa, que diminuiria a taxa de rotatividade atual, e também para a própria região, “trazendo desenvolvimento da economia local”. “Já temos, pelo menos, 40 pessoas connosco durante o ano interior”, acrescenta Rosália Jacinto.

Mas a dificuldade de atrair pessoas não é apenas sazonal.

Cada vez há menos na região. Conseguir formar e sediar pessoas vai ser um grande desafio, a par com a diminuição da taxa de rotatividade que temos”, acrescenta a gestora.


 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31