25 Out. 2021
 

COVID19

Igreja Católica mantém missa do galo mas recomenda que a imagem do Menino Jesus não seja dada a beijar

Regional 10 Dez. 2020

A Conferência Episcopal Portuguesa recomendou esta quarta-feira que a presença dos fiéis nas missas do Natal – nas quais se incluem a missa do galo, já que nessa noite, haverá permissão de circulação até às duas da manhã – seja acompanhada de “todas as cautelas, de modo a que “às festividades não suceda nova vaga de contágios com os consequentes sofrimentos e lutos.”

De acordo com a notícia avançada pelo Jornal Público, cada diocese terá autonomia para definir os horários de celebração das eucarísticas que integram a liturgia do Natal, “dentro das orientações anunciadas pelas autoridades civis e sanitárias”, conforme recorda o Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa num comunicado emitido hoje e em que se congratula pela possibilidade conferida pelo Governo de celebração da eucarística, não apenas nas manhãs de 25 de Dezembro, 27 de Dezembro e 1 de Janeiro, mas também nas vésperas desses dias, bem como na tarde dos dias de Natal e de Ano Novo.

Haverá, porém, uma diferença: os padres estão a ser aconselhados a absterem-se da prática de dar a imagem do Menino Jesus a beijar e a substituir “esse gesto de veneração afectuosa por qualquer outro que não implique contacto físico e previna aglomerações”.

A Conferência Episcopal Portuguesa apela ainda a todos os que se enquadrem nas chamadas “situações de risco”, e estejam impedidos de sair de casa pelas autoridades sanitárias, que não se desloquem às Igrejas.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31