25 Out. 2021
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Imigrantes pagam até 10 mil euros para trabalharem no Alentejo

Regional 23 maio 2021

São os imigrantes que pagam os custos da desregulamentação do mercado, mostra um estudo financiado pelo Fundo de Asilo, Migrações e Integração.

A TVI esteve em Beja e constatou que viviam mais de 50 imigrantes no mesmo prédio. Os entrevistados contam que vieram para POrtugal com um sonho, mas esse vai desaparecendo com o tempo.

As condições de habitação são as principais queixas. Dizem que gostavam de ter melhores condições, especialmente para a família, assim como maior segurança no trabalho, pois há dias que há trabalho e outros não, o que traz dificuldades em pagar as contas ao fim do mês.

A reportagem, feita durante a campanha da azeitona, denuncia as condições precárias em que vivem os imigrantes no Baixo Alentejo e dá conta que os empresários agrícolas são necessários porque fazem um trabalho que cá ninguém quer, dizem mesmo que indispensáveis.

No terreno anda a Associação Solidariedade Imigrante para apoiar os imigrantes, ajudando-os com os papeis e a integração.

A reportagem mostra casas sujas e cheias de gente e conta que já há seis anos, em Odemira, os imigrantes eram 12% da população do concelho. E já nessa altura os locais falavam das mudanças que a terra ia registando, gentes com outras linguas e outros hábitos.Em 2015, com os imigrantes a ocuparem os postos de trabalho nas estudas de Odemira, o Presidente da Câmara falava de necessidade de um Plano de Integração para a Comunidade Estrangeira, fazendo a aproximação à população local.

Para as empresas agrícolas os imigrantes foram imprescindíveis para o seus crescimento. Vieram para Portugal ganhar o que não ganhavam nos seus países de origem, já fazem parte da região Alentejana, uma terra de onde muitos partiram por falta de trabalho.

Com https://tvi24.iol.pt/

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31