19 Out. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Evora

Investigador da Universidade de Évora vence prémio único em Portugal

Regional 20 Set. 2021

 

Germilly Barreto, investigador do Instituto de Ciências da Terra (ICT), da Universidade de Évora (UÉ), foi um dos vencedores da Eurotherm Young Scientist Prize and Awards. Esta foi a primeira vez que um dos prémios do comité da Eurotherm foi atribuído a uma Tese de Doutoramento desenvolvida numa Universidade Portuguesa.

O prémio agora atribuído ao investigador da UÉ, focou-se sobretudo pelo trabalho desenvolvido no âmbito da sua Tese de Doutoramento, tendo em consideração o nível científico, a originalidade, a importância dos resultados para as ciências térmicas e transferência de calor e a adequação da modelação numérica e os métodos experimentais utilizados, o que demostra a importância deste galardão a nível internacional nesta área.

De acordo com a nota divulgada pela UÉ,  Germilly Reki Morais Barreto completou o seu doutoramento em Engenharia Mecatrónica e Energia na Universidade de Évora em março de 2020 com a tese “Modelling and optimisation of porous volumetric receivers in point-focus solar concentration systems”, tendo no mesmo ano vencido no Eurotherm Young Scientist Prize and Awards 2020, o que reforça o nível científico do trabalho levado a cabo por este investigador natural de Cabo Verde, bem como dos seus orientadores, Paulo Canhoto e Manuel Collares-Pereira, professores da UÉ que se têm dedicado à investigação na área de transferência de calor e energia. Por outro lado, é igualmente um reconhecimento do trabalho científico desenvolvido nesta área pela Universidade de Évora, através do Instituto de Ciências da Terra e da Cátedra de Energias Renováveis (CER-UÉ).

O trabalho desenvoldido por Germilly Barreto consistiu na modelação e otimização de recetores solares volúmicos constituídos por esponjas cerâmicas SiC em sistemas de concentração de foco pontual, incluindo o desenvolvimento e aplicação de modelos tridimensionais de absorção de radiação solar, escoamento de fluido e de transferência de calor no recetor, assim como a determinação experimental das propriedades radiativas do meio poroso. Sublinhe-se que o desenvolvimento da sua tese de doutoramento teve o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), através de uma bolsa de doutoramento (painel de Engenharia Mecânica) e pela Fundação Millennium BCP.

Os prémios são atribuídos pelo comité da Eurotherm de quatro em quarto anos, e consistem num prémio EUROTHERM e dois EUROTHERM Awards para Jovens Cientistas que tenham terminado o Doutoramento na área da Transferência de Calor e ciências térmicas. Os premiados vão ser apresentados na conferência European Thermal Sciences, no âmbito da 8º conferência a decorrer em Lisboa de 20 a 23 de setembro de 2021

Importa referir que o processo de seleção a este prémio decorre em duas fases: a primeira consiste em cada país da EUROTHERM selecionar e submeter duas nomeações, que são trabalhos de doutoramento de excelência na área científica em que os prémios são atribuídos, ao comité do prémio EUROTHERM; na segunda fase o comité EUROTHERM seleciona os vencedores do prémio para jovem cientista e dos dois Awards.

Foto: UÉ

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31