12 maio 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Alentejo

João Cutileiro: Gravuras recentes e outros riscos, em exposição no Museu do Côa

Regional 15 Abr. 2021

No âmbito das Comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS), a Fundação Côa Parque, o Centro de Arte João Cutileiro e a Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlentejo) inauguram a exposição João Cutileiro: gravuras recentes e outros riscos, com curadoria de Ana Cristina Pais, dia 18 de abril, pelas 11h00, no Museu do Côa. 

Em nota enviada à nossa redação, a Direção Regional de Cultura do Alentejo adiantou que "este foi o último projeto do escultor e, formalmente, o primeiro desenvolvido pelo Centro de Arte João Cutileiro, entidade criada para promover a salvaguarda e divulgação do legado artístico deste extraordinário artista. "

Na mesma nota pode ler-se "resultado de uma proposta, em janeiro de 2019, da Direção Regional de Cultura do Alentejo ao Presidente da Fundação Côa Parque, e pensada para inaugurar em novembro de 2020, a mostra, além de uma exposição de escultura e desenho de um grande artista, assume o sentido de homenagem póstuma a João Cutileiro, figura central da escultura portuguesa do século XX, e a Bruno Navarro, historiador, que presidiu a Fundação Côa Parque nos últimos três anos, de forma exímia, e que tão precocemente nos deixou, cujo trabalho ficará na memória de todos."

Levar ao Côa as suas gravuras sobre pedra foi uma ideia entusiasmante para João Cutileiro, refere o comunicado da DRCA, que tinha um particular fascínio pela produção artística do Vale do Côa. Admirava a modernidade, a força e a energia telúrica dos artistas do Côa e a forma como, intencionalmente, riscaram a vida nas pedras.  

Gravuras sobre pedra, desenhos sobre papel e um conjunto de guerreiros foram selecionados em estreita ligação com o escultor para o espaço extraordinário do Museu do Côa. Procurou-se essencialmente estabelecer relação com a envolvente e mostrar trabalhos com representatividade no contexto da obra de João Cutileiro, fortemente marcada pela presença feminina.

A inauguração contará com a presença da Ministra da Cultura, Graça Fonseca e do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor que farão homenagem pública a João Cutileiro e a Bruno Navarro. Estarão ainda presentes a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e as Secretárias de Estado Adjunta e do Património Cultural, do Turismo e da Valorização do Interior.

A exposição ficará patente ao público, no Museu do Côa, de segunda-feira a domingo, de 18 de abril a 26 de setembro de 2021. 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31