Radio Campanario

Alentejo

Médicos de família recém-especialistas vão receber mais 60% se trabalharem no Alentejo

Regional Escrito por  29 Jun. 2022

Com o objectivo de aumentar o número de profissionais da saúde nas áreas com “uma cobertura por médico de família inferior à média nacional (86,7%)”, o Governo irá efetuar um incentivo monetário para aqueles que se disponibilizarem a trabalhar nestes locais.

Aumentar a remuneração dos recém-especialistas de Medicina Geral e Familiar é uma das medidas do Governo para a resolução dos constrangimentos encontrados pelos moradores de territórios carenciados.

Como avançou o “Jornal de Notícias”, essa situação foi anunciada pela Secretária de Estado da Saúde, Maria de Fátima Fonseca, no Centro de Saúde de Sete Rios, na passada terça-feira, 28/06.

Está previsto o envio de cerca de 400 médicos de família para essas regiões, que são, nomeadamente a região de Lisboa e Vale do Tejo. Também sofrem com a falta de profissionais o Alentejo e o Algarve

Existem hoje em Portugal, cerca de Há 1,4 milhões de utentes sem acesso a médicos de família.

Fonte: Jornal Expresso

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31