Mora

Mora: Casa-Museu Manuel Ribeiro de Pavia foi requalificada (c/fotos)

Regional 30 Set. 2021

Já se encontra aberta ao público a Casa-Museu Manuel Ribeiro de Pavia. Requalificada, com uma nova imagem, a Casa-Museu de “o príncipe sem vintém e sem queixas” continua assim a cumprir o propósito para que foi criada em 1984, conferindo-lhe todo o valor que merece, conforme divulgado pelo município nas redes sociais.

Esta requalificação levada a cabo pela Câmara Municipal de Mora, transformou totalmente o interior do edifício. A visita à Casa-Museu Manuel Ribeiro de Pavia é agora uma verdadeira experiência expositiva com conteúdos inovadores, que envolve o visitante desde o espaço exterior até ao final da sala no 1º piso.

No exterior da Casa-Museu foram colocadas nas janelas telas translúcidas impressas e uma estrutura em frente ao edifício que anuncia a exposição temporária. Na receção faz-se a introdução ao artista. Aqui disponibilizam-se conteúdos digitais através de um ecrã interativo, que tendo a acessibilidade como preocupação, está instalado num espaço adequado para utilização dos visitantes com mobilidade reduzida. Neste ecrã interativo é mostrada toda a exposição presente na Casa-Museu. Esta zona está pintada de preto para, objetivamente, realçar a mensagem que se transmite.

No 1º piso apresenta-se a vida e obra do artista, estando presentes três temas base, organizados com várias tipologias de materiais expostos, entre os quais a biografia do artista, citações de amigos e familiares, impressos de originais, retratos e auto-retratos. Sobre os temas: “O Alentejo”, esta zona apresenta uma das partes mais significativas e reconhecidas da obra de Manuel Ribeiro de Pavia, contendo inúmeras paisagens do mundo rural e urbano do Ribatejo, Alentejo e Litoral. “O Sonho”, espaço dedicado à presença da mulher, sendo esta sempre mais simbólica do que carnal, tal como se sabe. Termina com a área para as exposições temporárias, que possibilita tratar com mais profundidade temas recorrentes da obra do artista ou até menos conhecidos, atribuindo assim mais dinamismo à Casa-Museu.

“África!” é a primeira exposição temporária que a Casa-Museu Manuel Ribeiro de Pavia alberga, ficando patente até Fevereiro de 2022. Esta exposição evidencia a colaboração do artista na nascente literatura colonial portuguesa.

De acrescentar que integra as obras expostas um azulejo da autoria de Manuel Ribeiro de Pavia intitulado “O sol é um toiro”, de 1953, trabalhado no Lobito, em Angola. O mesmo pertence à coleção Herdeiros de Mário Dionísio e foi protocolado com a Casa da Achada-Centro Mário Dionísio de Lisboa, para, temporariamente, estar exposto na Casa-Museu.

O projeto de requalificação da Casa-Museu Manuel Ribeiro de Pavia esteve a cargo do atelier P-06, o mesmo que idealizou o Museu Interativo do Megalitismo em Mora. A curadoria da Casa-Museu foi da responsabilidade de Jorge Silva.

Horário: Terça a Domingo, das 10h às 12h30 e das 13h30 às 17h.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30